ONU procura mulheres para cargos de liderança em operações de paz e missões políticas pelo mundo

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

A ONU relançou o Banco de Talentos de Mulheres Experientes (Senior Women Talent Pipeline, em inglês), que se insere nos esforços iniciados pelo ex-secretário-geral Ban Ki-moon de aumentar a participação de mulheres em cargos de liderança. O atual secretário-geral, António Guterres, assumiu o compromisso de alcançar a igualdade de gênero nas operações de paz das Nações Unidas até 2026.

Uma chilena da força de paz da ONU no Haiti, a MINUSTAH, realiza trabalhos de engenharia em Cité Soleil, na capital Porto Príncipe, com a segurança fornecida por militares brasileiros. Contingentes militares de Brasil, Japão, Chile, Equador, Paraguai, Coreia do Sul e Nepal participaram desta operação, em setembro de 2011. Foto: Victoria Hazou/ONU/MINUSTAH

Uma chilena da força de paz da ONU no Haiti, a MINUSTAH, realiza trabalhos de engenharia em Cité Soleil, na capital Porto Príncipe, com a segurança fornecida por militares brasileiros. Foto: Victoria Hazou/ONU/MINUSTAH

A ONU relançou o Banco de Talentos de Mulheres Experientes (Senior Women Talent Pipeline, em inglês), que se insere nos esforços iniciados pelo ex-secretário-geral Ban Ki-moon de aumentar a participação de mulheres em cargos de liderança (níveis D-1 e D-2). O atual secretário-geral, António Guterres, assumiu o compromisso de alcançar a igualdade de gênero nas operações de paz das Nações Unidas até 2026.

A ONU busca mulheres talentosas, qualificadas, íntegras e identificadas com os valores da Organização, que venham de indústrias, instituições governamentais e organizações da sociedade civil, para ocupar cargos de direção e chefiar operações de manutenção da paz e missões políticas especiais globalmente.

As candidatas devem possuir diploma de mestrado ou equivalente, fluência em inglês e pelo menos 15 anos de experiência em diversas áreas como assuntos civis e políticos, informação pública, Estado de Direito, instituições de segurança e apoio e suporte na missão.

Candidatas bilíngues em inglês e francês ou inglês e árabe são altamente procuradas, pois muitas das missões estão localizadas em países de língua francesa e árabe. Devem também ter disponibilidade para trabalhar em operações de campo no exterior, muitas das quais estão localizadas em locais de trabalho em que não podem ser levados dependentes ou familiares.

Entrar no Banco de Talentos não assegura a incorporação imediata, mas permite receber atualizações constantes sobre novas vagas nas missões, bem como orientação sobre o processo seletivo.

A plataforma permitirá criar uma rede de mulheres conectadas e informadas sobre as operações de paz da ONU em relação a novas oportunidades, suporte de aplicação e avaliação, discussões, melhores práticas na indústria, treinamentos e outros debates.

As candidaturas ou nomeações devem ser feitas através do site https://www.impactpool.org/un-peace-operations/swtp.

Clique aqui para saber mais sobre o Senior Women Talent Pipeline.
Clique aqui para acessar o UN Careers.


Comente

comentários