ONU pede ajuda para milhões de pessoas atingidas pela seca no Sahel africano

ONU, organizações humanitárias e representantes do governos se reúnem hoje para discutir soluções para região.

Mulheres enfrentado a seca em Yelimne, Mali. (WFP/Daouda Guirou)Líderes das agências da ONU, organizações humanitárias e doadores governamentais se reúnem hoje (14/02) em Roma para discutir como aumentar urgentemente a assistência na região do Sahel africano. Milhões de pessoas estão ameaçadas pela escassez de comida e pela seca na região.

“A necessidade dos milhões de atingidos pela seca no Sahel são enormes e o tempo de agir é agora” disse Josette Sheeran, Diretor Executivo do Programa Mundial de Alimentos (PMA). “Esse encontro chega em um momento crítico com as agências humanitárias preparando suas respostas num esforço para prevenir que a crise se torne um desastre.”

O Sahel é uma faixa regional que abrange a África Ocidental e Central imediatamente ao sul do deserto do Saara e inclui um número de países que têm sido regularmente atingidos pela insegurança alimentar.