ONU Mulheres e parceiros impulsionam empoderamento de meninas por meio do esporte

O Fundo ELAS, a ONU Mulheres e a ONG Empodera anunciaram na sexta-feira (8) uma nova parceria para empoderar meninas por meio do esporte — o projeto “ELAS nos Esportes – Uma Vitória Leva à Outra”.

A parceria faz parte do programa conjunto entre ONU Mulheres e Comitê Olímpico Internacional (COI), criado em 2016 e denominado “Uma Vitória Leva à Outra”, que oferece uma formação interdisciplinar para meninas e jovens mulheres do Rio de Janeiro, com uma série de oficinas temáticas e esportivas.

Além de adquirir habilidades trazidas pelo esporte e aplicáveis a outras áreas da vida, o programa também ensina liderança e fortalecimento da autoestima, abordando temas como saúde e direitos sexuais e reprodutivos, enfrentamento à violência contra as mulheres, educação financeira e planejamento do futuro.

Para expandir e fortalecer a iniciativa, o Fundo ELAS se une à ONU Mulheres e à ONG Empodera e lança um edital para apoiar organizações que possam levar essa formação para mais meninas em todo o município do Rio de Janeiro. O objetivo é fortalecer a capacidade das instituições e grupos da sociedade civil de empoderar meninas por meio do esporte.

Podem participar do edital organizações do Rio de Janeiro que realizaram o treinamento UVLO, desenvolvido pela ONU Mulheres e a ONG Empodera. Serão investidos 575 mil reais em até dez projetos. O edital foi enviado como carta-convite apenas para organizações que realizaram treinamento.

“As mulheres e as meninas devem ocupar todos os espaços da sociedade. Os esportes são um dos espaços a que elas menos têm acesso, e se investe muito menos em relação ao que se investe nos homens e meninos. Para esta iniciativa, é muito importante que as meninas possam se desenvolver de forma plena, física, mental e espiritualmente”, disse Amalia Fischer, coordenadora geral do Fundo ELAS.

“O esporte é uma poderosa ferramenta de mudança social e empoderamento de meninas e mulheres. Através dele é possível quebrar paradigmas que limitam a participação ativa de meninas e mulheres nas diferentes esferas sociais e desenvolver habilidades que são fundamentais para que essas meninas se destaquem dentro e fora do espaço esportivo”, declarou Jane Moura, presidenta da Empodera.

Para Nadine Gasman, representante da ONU Mulheres Brasil, o projeto “Uma Vitória Leva à Outra” inaugurou a atuação da ONU Mulheres e parceiros no empoderamento de meninas no esporte e nas questões de gênero no período das Olimpíadas Rio 2016 por meio de uma colaboração inovadora com o Comitê Olímpico Internacional.

“É um legado olímpico e que está se fortalecendo no Rio de Janeiro, despertou interesse de outros estados brasileiros e já vem inspirando iniciativas semelhantes na Argentina. Os esportes são ferramentas poderosas para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, declarou. Nadine avalia que o edital fortalecerá as organizações dedicadas ao empoderamento de meninas e despertará talentos e oportunidades para meninas em situação de vulnerabilidade social no Rio de Janeiro.

Com essa nova aliança, mais instituições serão capacitadas para criar espaços seguros e inclusivos para que meninas possam praticar esportes e aprimorar suas habilidades de influenciar as decisões que impactam suas vidas em todos os níveis. Dessa forma, o programa “Uma Vitória Leva à Outra” avança na construção de uma sociedade mais justa, com igualdade de direitos e oportunidades, em que todas as pessoas possam expressar seu pleno potencial.

ELAS Fundo de Investimento Social (Fundo ELAS)

O Fundo ELAS é o único fundo independente voltado exclusivamente para a promoção de direitos de mulheres no Brasil. Desde 2000, o ELAS apoiou mais de 400 projetos de grupos de mulheres em todas as regiões do Brasil, através de 25 concursos de projetos. A missão do fundo é promover e fortalecer o protagonismo, a liderança e os direitos das mulheres, mobilizando e investindo recursos em iniciativas.

ONU Mulheres

A ONU Mulheres foi criada em 2010 para unir, fortalecer e ampliar os esforços mundiais em defesa dos direitos humanos das mulheres. Alcançar a igualdade de gênero, empoderar todas as mulheres e meninas e realizar os seus direitos humanos é a missão incorporada pela ONU Mulheres em relação à Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável e aos 17 objetivos globais.

Como contribuição à Agenda 2030, a ONU Mulheres está promovendo a iniciativa global “Por um planeta 50-50 em 2030: um passo decisivo pela igualdade de gênero”, a fim de acelerar e concretizar os compromissos de governos, empresas, sociedade civil e outros setores, para a eliminação das desigualdades de gênero. Saiba mais: onumulheres.org.br.

Empodera – Transformação Social Pelo Esporte

Fundada em 2017, a Empodera – Transformação Social pelo Esporte é uma associação civil sem fins lucrativos com base no Rio de Janeiro e atuação nacional que utiliza o esporte e jogos lúdicos como ferramenta para que meninas adolescentes em situação de vulnerabilidade exerçam seu pleno potencial e direitos.

As ações da organização são focadas em promover a redução dos estereótipos nocivos e da violência baseados no gênero. A Empodera trabalha com o desenvolvimento e execução de metodologias esportivas, treinamentos e suporte técnico de organizações em prol de uma sociedade mais justa e equânime onde meninas e mulheres estejam livres de qualquer barreira que as impeça de exercerem seu pleno potencial e seus direitos. Saiba mais: www.empodera.org.br.