ONU Meio Ambiente promove Semana Mares Limpos com ações de limpeza de praias por todo país

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

No Dia Internacional de Limpeza de Praias (16 de setembro), ONU Meio Ambiente e parceiros darão início à Semana Mares Limpos com um evento em Copacabana, no Rio de Janeiro.

Até 24 de setembro, mais de 60 grupos promoverão ações voluntárias de limpeza em praias e outros corpos de água em 11 estados brasileiros.

Principal ação de limpeza acontece na praia de Copacabana e deve reunir mais de 2 mil participantes. Foto: EBC

Principal ação de limpeza acontece na praia de Copacabana e deve reunir mais de 2 mil participantes. Foto: EBC

No Dia Internacional de Limpeza de Praias (16 de setembro), a ONU Meio Ambiente, em parceria o Instituto Aqualung, dará início à Semana Mares Limpos com um evento em Copacabana, na capital carioca.

Este ano, os Escoteiros do Rio de Janeiro estarão na ação de limpeza da praia, para a qual são esperados mais de 2 mil voluntários. A iniciativa conta com o apoio do Projeto Tatuí, do Instituto Aqualung, que há nove anos convida escolas públicas e privadas a participarem de um mutirão de limpeza de praias. A ação ocorre na altura das ruas Santa Clara e Figueiredo de Magalhães.

A tenda Mares Limpos receberá os participantes e frequentadores de Copacabana, com o objetivo de fornecer informações sobre a importância do consumo consciente de plásticos e seu correto descarte, convidando cada um a assumir compromissos para a redução do lixo nos oceanos.

O local será palco de palestras de representantes da ONU Meio Ambiente e de instituições parceiras. Haverá ainda o anúncio dos Defensores Mares Limpos: a apresentadora Fe Cortez, do programa Menos é Demais, do canal H&H e idealizadora do projeto Menos 1 Lixo, e a Família Schurmann, que há 30 anos veleja pelos oceanos do planeta levando soluções de sustentabilidade para diversos países.

Ao longo da #SemanaMaresLimpos, que segue até 24 de setembro, mais de 60 grupos promoverão ações voluntárias de limpeza em praias e outros corpos de água em 11 estados brasileiros.

A ONU Meio Ambiente está reunindo os esforços realizados no Brasil sob o guarda-chuva de sua mais ambiciosa campanha, a Mares Limpos, para abordar a questão do lixo nas praias e subsidiar o Plano Nacional de Combate ao Lixo no Mar, capitaneado pelo Ministério do Meio Ambiente.

“Entendemos que essa mobilização nacional é importante para dar visibilidade ao problema no território brasileiro e endereçar a situação de maneira realista no Plano Nacional”, disse a representante da ONU Meio Ambiente no Brasil, Denise Hamú.

Atualmente, estima-se que mais de 8 milhões de toneladas de plástico acabem nos oceanos todos os anos, causando danos à vida marinha, pesca e turismo, e custando pelo menos 8 bilhões de dólares em prejuízo aos ecossistemas marinhos.

A campanha Mares Limpos global convida governos, indústria e cidadãos para acabar com o uso excessivo e desperdício de plásticos descartáveis e eliminar microplásticos em cosméticos, as duas maiores fontes de poluição marinha.

O Brasil será um dos destaques globais da data junto com a Índia, que promove a 100ª semana de limpeza em uma praia de Mumbai.

Além do Instituto Aqualung, a ação do Dia de Limpeza de Praias Mares Limpos no Brasil conta com o apoio do Instituto Ecosurf, da empresa Meu Copo Eco e do Grupo Pão de Açúcar.

A Meu Copo Eco propõe uma solução para a redução do lixo descartado em eventos: copos reutilizáveis, oferecidos em consignação e higienizados após a utilização. Para a ação, a organização entregará 250 copos reutilizáveis aos participantes.

Já o Grupo Pão de Açúcar doará 700 sacolas reutilizáveis para a ação de coleta de lixo na praia de Copacabana. Em lugar de usar sacolas plásticas descartáveis, os voluntários utilizarão as sacolas de ráfia, que poderão ser usadas novamente em ações no futuro.

Semana Mares Limpos de Limpeza de Praias

A campanha Mares Limpos está cadastrando ações de limpeza de praias programadas para o período de 16 a 24 de setembro, que ficará conhecida como a #SemanaMaresLimpos de Limpeza de Praias.

As inscrições podem ser feitas por meio do link bit.ly/CadastroMaresLimpos. Os grupos inscritos receberão um kit com orientações sobre como realizar a limpeza, fichas de catalogação do lixo encontrado e material da campanha para impressão.

As informações sobre o lixo coletado em cada ação serão contabilizadas e farão parte do panorama nacional sobre o lixo no mar, subsidiando a elaboração do Plano Nacional. A metodologia de coleta de dados foi elaborada pelo Instituto Ecosurf, parceiro da campanha.


Mais notícias de:

Comente

comentários