ONU Meio Ambiente pede conexão com a natureza em lançamento da Virada Sustentável

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Na Semana do Meio Ambiente, agências das Nações Unidas participaram do lançamento da Virada Sustentável, no Rio de Janeiro, evento que promoverá até domingo (11) mais de 200 atividades gratuitas na capital fluminense, tendo como foco a conquista dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Uma das apoiadoras do evento, a ONU Meio Ambiente participou do lançamento no Museu de Arte do Rio (MAR). A agência promove a campanha #EstouComANatureza, cuja ideia central é impulsionar uma aproximação com a natureza para uma maior consciência sobre a necessidade de protegê-la.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Na Semana do Meio Ambiente, agências das Nações Unidas participaram do lançamento da Virada Sustentável, no Rio de Janeiro, evento que promoverá até domingo (11) mais de 200 atividades gratuitas na capital fluminense, tendo como foco a conquista dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Uma das apoiadoras do evento, a ONU Meio Ambiente participou do lançamento que ocorreu nesta sexta-feira (9) no Museu de Arte do Rio (MAR).

A agência da ONU lançou para o Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho) deste ano a campanha #EstouComANatureza, cuja ideia central é impulsionar os esforços para a conservação do meio ambiente, transformando ações individuais em uma força coletiva que tenha um verdadeiro e duradouro legado de impacto positivo para o planeta.

“Estamos vivendo em um mundo cada vez mais urbano, todo mundo procurando 3G e 4G no celular, e esquecendo de passar um fim de semana na praia, no parque”, disse Flora Pereira, comunicadora da ONU Meio Ambiente, durante a abertura do festival.

“Esse evento traz essa reflexão para a cidade, com teatro, cinema, dança, discussões e palestras, repensando nosso estilo de vida. Isso tem tudo a ver com o que a ONU está propondo para os próximos anos”, completou.

Com origem em São Paulo, a Virada Sustentável é um evento de mobilização colaborativa em prol da sustentabilidade, tendo já realizado festivais em Manaus (AM), Valinhos (S) e Porto Alegre (RS).

O evento reúne organizações da sociedade civil, órgãos públicos, coletivos de cultura, movimentos sociais, equipamentos culturais, empresas, escolas e universidades, entre outros.

Clique aqui para acessar a programação.

Parceria com o PNUD

No início deste mês, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e o Instituto Virada Sustentável assinaram um memorando de entendimento para promover ações integradas no âmbito local e fortalecer a implementação da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Com a parceria, as edições da Virada Sustentável terão o apoio do PNUD para mapear ações que dialoguem com os objetivos globais e fortaleçam o alcance do desenvolvimento sustentável, com foco na erradicação da pobreza, no crescimento econômico e na sustentabilidade do planeta.

Presente no lançamento da Virada Sustentável no Rio, o analista de comunicação do PNUD, Guilherme Larsen, lembrou a importância da interação entre governos, setor privado e sociedade civil para a conquista dos ODS.

“Quando falamos dos ODS e olhamos para a Virada Sustentável, é exatamente disso que precisamos. Não vamos fazer nada sozinhos e com ações isoladas”, disse. “A Virada Sustentável é um exemplo de como podemos levar isso (os ODS) para a realidade de todas e todos.”

Segundo o coordenador da Virada Cultural na capital fluminense, Renato Saraiva, para além de um festival, a Virada é uma plataforma para impulsionar projetos socioambientais já existentes e com potencial de provocar mudanças. “Há um espírito de congregação, que reuniu mais de 80 bairros da cidade”, declarou.


Mais notícias de:

Comente

comentários