ONU Meio Ambiente e Flamengo unem-se em campanha #EstouComANatureza

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Com oficina de plantio de mudas nativas da Mata Atlântica para crianças, o Clube de Regatas do Flamengo mostrou comprometimento e responsabilidade com a preservação da natureza e integrou as comemorações da Semana Mundial do Meio Ambiente da ONU.

Doadas pelo Jardim Botânico, paineira, pau-ferro, pau-brasil, mulungu, canafístula, pata-de-vaca, palmeira juçara e pitanga foram as mudas escolhidas, que passarão, em breve, a fazer parte do cenário do Centro de Treinamento George Helal, em Vargem Grande, no Rio de Janeiro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com oficina de plantio de mudas nativas da Mata Atlântica para crianças, o Clube de Regatas do Flamengo mostrou comprometimento e responsabilidade com a preservação da natureza e integrou as comemorações da Semana Mundial do Meio Ambiente da ONU.

Doadas pelo Jardim Botânico, paineira, pau-ferro, pau-brasil, mulungu, canafístula, pata-de-vaca, palmeira juçara e pitanga foram as mudas escolhidas, que passarão, em breve, a fazer parte do cenário do Centro de Treinamento George Helal, em Vargem Grande, no Rio de Janeiro.

“Estamos comemorando o Dia Mundial do Meio Ambiente e, como este ano o tema é ‘Conectando as pessoas à natureza’, queremos conectar nossos 40 milhões de torcedores com ela. A ideia é transformar este plantio com alguns torcedores mirins, em ações que se multipliquem, tornando esta uma força de impacto positivo para o planeta”, declarou Oswaldo Fonseca, responsável pela área de ações sociais e ambientais do Flamengo.

O Instituto Moleque Mateiro, especializado em ações de educação ambiental, também fez parte da ação, sendo responsável pela oficina de plantio. “Participar desse evento no CT do Flamengo com crianças, plantando espécies nativas, é super relevante no contexto onde nos encontramos. Estamos tangentes ao Parque Estadual da Pedra Branca, uma área de relevância ecológica importantíssima para o Rio de Janeiro. É uma forma de enriquecer a flora, dando subsídio para alimentação da fauna. Que venham mais árvores, que todo dia é dia do meio ambiente”, destacou Marcela Gaspar, engenheira florestal que conduziu a oficina.

Para a ONU Meio Ambiente, o compromisso do Flamengo com o plantio de mudas nativas mostra que o esporte vai além do campo de futebol, e pode passar pela saúde, por setores sociais e meio ambiente, realçando que o assunto não é apenas de um setor, mas de todos.


Mais notícias de:

Comente

comentários