ONU intensifica operações de ajuda para 130 mil refugiados sírios que atravessaram para a Turquia

Os sírios, de minoria curda, fugiram da cidade de Kobani, no norte da Síria, tomada pelo Estado Islâmico na última sexta-feira (19).

Família de refugiados sírios no sul da Turquia, em fevereiro de 2014 Foto: ACNUR

Família de refugiados sírios no sul da Turquia, em fevereiro de 2014 Foto: ACNUR

A agência da ONU para refugiados (ACNUR) anunciou, nesta segunda-feira (22), que está ampliando os esforços para ajudar o governo da Turquia a dar assistência a cerca de 130 mil sírios que cruzaram o país na última sexta-feira (19) fugindo de combates na cidade de Kobani.

Até a última sexta-feira, Kobani (também conhecida por Ayn al-Arab) tinha permanecido à margem do conflito sírio, e, por isso, era um refúgio para mais de 220 mil pessoas deslocadas internamente. Agora, com a cidade sitiada pelo Estado Islâmico, o ACNUR teme que milhares de sírios de minoria curda abandonem os seus lares e busquem segurança na Turquia.

“Eu agradeço a resposta acolhedora da Turquia de oferecer refúgio e ajuda a esta população que de forma tão violenta e súbita foi expulsa de suas casas temendo por suas vidas”, disse o alto comissário da ONU para os refugiados, António Guterres, à imprensa, mostrando a importante necessidade de mobilizar o apoio internacional para os países vizinhos que estão acolhendo os refugiados. No momento, a Turquia acolhe no total mais de 850 mil refugiados sírios.

Desde o início do influxo, o ACNUR tem respondido de imediato à crise da Síria, principalmente com  itens de ajuda humanitária para os refugiados como 20 mil cobertores, 10 mil colchões, 5 mil galões e 2 mil folhas de plástico. A agência também doou unidades móveis de registro e coordenação, bem como enviou funcionários para os seis cruzamentos na fronteira do país para monitoramento e identificação na chegada de pessoas vulneráveis. Além disso, como apoio da ACNUR, o governo turco está acelerando a construção de dois acampamentos para hospedar os refugiados.