ONU inicia na Suíça primeira reunião do Fundo Verde para o Clima

Iniciativa tem como objetivo atenuar o impacto do aquecimento global em países em desenvolvimento.

Foto: UNEPA primeira reunião oficial do Fundo Verde para o Clima (GCF), um fundo das Nações Unidas destinado a mobilizar recursos para ajudar os países em desenvolvimento a atenuar o impacto do aquecimento global, teve início na quinta-feira (23), em Genebra, Suíça, e se estenderá até sábado (25).

De acordo com um comunicado de imprensa, o GCF irá agora definir como satisfazer o seu mandato, o que inclui fornecer aos países em desenvolvimento o acesso simplificado e melhorado ao financiamento das alterações climáticas, bem como proporcionar-lhes apoio para limitar ou reduzir suas emissões de gases de efeito estufa e se adaptar aos impactos da mudança climática.

O Conselho iniciou o primeiro encontro com a eleição de Zaheer Fakir, da África do Sul, e de Ewen McDonald, da Austrália, como os seus presidentes para um mandato de um ano. Fakir é o chefe de Relações Internacionais e Governança do Departamento de Assuntos Ambientais da África do Sul, enquanto McDonald é o Vice-Diretor-Geral da Agência Australiana para o Desenvolvimento Internacional. Ambos presidentes recém eleitos têm experiência em desenvolvimento e questões relacionadas às mudanças climáticas.

O GCF foi estabelecido pela Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudança Climática (UNFCCC) durante a Conferência 2011 Mudança Climática da ONU em Durban, África do Sul. O principal motivo para a primeira reunião do GCF ocorrer apenas em 2012 é o fato de só agora terem sido preenchidos os  24 assentos do seu Conselho.

O Fundo ainda não tem sede prevista e seis países – Alemanha, México, Namíbia, Polônia, República da Coréia e Suíça – estão na disputa.