ONU-HABITAT e Colab reabrem consulta pública sobre cidades sustentáveis

O Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-HABITAT) e o Colab, uma startup de inovação em gestão pública, lançaram na terça-feira (1) a consulta digital Cidades Sustentáveis, cujo objetivo é captar a percepção das pessoas sobre temas de desenvolvimento sustentável.

Os resultados da consulta serão utilizados na elaboração de um diagnóstico sobre o avanço das metas do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável número 11 (ODS 11), que visam tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis. Saiba como participar.

Vista aérea da cidade do Rio de Janeiro. Foto: ONU-Habitat/Julius Mwelu

Vista aérea da cidade do Rio de Janeiro. Foto: ONU-Habitat/Julius Mwelu

O Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-HABITAT) e o Colab, uma startup de inovação em gestão pública, lançaram na terça-feira (1) a consulta digital Cidades Sustentáveis, cujo objetivo é captar a percepção das pessoas sobre temas de desenvolvimento sustentável.

Os resultados da consulta serão utilizados na elaboração de um diagnóstico sobre o avanço das metas do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável número 11 (ODS 11), que visam tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis.

A consulta é parte do projeto “Sistemas de Responsabilidade Pública: Medir, Monitorar e Informar sobre Políticas Urbanas Sustentáveis na América Latina”, com o objetivo de promover a transparência e a participação dos cidadãos na implementação das políticas públicas nas cidades.

“É fundamental ouvir a população e captar suas ideias sobre como sua cidade está evoluindo em direção ao ODS 11 e permitir uma análise mais precisa e coletiva da realidade das cidades brasileiras”, diz Claudio Acioly, chefe da Unidade de Desenvolvimento de Capacidades do ONU-HABITAT.

Para participar, é necessário acessar o site www.colab.re ou baixar o aplicativo Colab e responder as 29 perguntas de múltipla escolha sobre temas como transporte, inclusão, condições de moradia, espaços públicos, serviços básicos e transparência.

Cerca de 10.000 pessoas participaram da primeira edição da pesquisa no Brasil. Os resultados da consulta realizada em 2018 estão disponíveis na íntegra na publicação Consulta Cidades Sustentáveis na página do ONU-HABITAT.

O período da consulta desta edição vai até 31 de janeiro de 2020. A pesquisa será repetida a cada ano até 2030 para que seja possível acompanhar a evolução das metas do ODS até o prazo final para alcance dos objetivos previsto pela Agenda 2030.

Uma novidade neste ano é que a consulta está sendo realizada também em outras cidades da América do Sul por meio de um aplicativo criado pela OS City, uma startup mexicana. A pesquisa está disponível nas cidades de Chimbote, Trujillo, Barranco e Miraflores (Peru) e Tarija e La Paz (Bolívia).