ONU-Habitat e Alagoas firmam parceria pelo desenvolvimento de zonas urbanas com assentamentos informais

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

O Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-HABITAT) e Alagoas iniciaram um projeto que inclui a elaboração conjunta de estratégias de desenvolvimento urbano, com foco na produção de dados de qualidade, sobretudo de assentamentos informais localmente conhecidos como “grotas”. Com uma duração de dois anos, iniciativa será implementada em regiões de Maceió e abordará temas como infraestrutura, inclusão social e prevenção da violência.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-HABITAT) e Alagoas iniciaram um projeto que inclui a elaboração conjunta de estratégias de desenvolvimento urbano, com foco na produção de dados de qualidade, sobretudo de assentamentos informais localmente conhecidos como “grotas”. Com uma duração de dois anos, iniciativa será implementada em regiões de Maceió e abordará temas como infraestrutura, inclusão social e prevenção da violência.

Lançado recentemente pelo governador Renan Filho, com o nome “Vida Nova nas Grotas”, o projeto também terá ações nas áreas de acessibilidade, planejamento e crescimento econômico. O objetivo geral é a implementação de políticas públicas e a criação de espaços urbanos mais prósperos. A coleta e a gestão de informações, bem como os desafios da governança participativa também serão elementos importantes da cooperação.

Por ocasião do lançamento, o oficial internacional sênior do ONU-Habitat, Alain Grimard, e a oficial nacional para o Brasil, Rayne Ferretti Moraes, visitaram diferentes grotas e comunidades, acompanhados pelo secretário estadual de Transporte e Desenvolvimento Urbano, Mosart da Silva Amaral.

“O ONU-Habitat está muito contente por ser associado a esta iniciativa do estado de Alagoas, na qual as grotas estão sendo postas no centro da estratégia para o desenvolvimento sustentável de Maceió”, afirmou Grimard. Segundo o programa da ONU, marcos internacionais, como os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), estão na base do “Vida Nova nas Grotas”.

“Nós compartilhamos com as autoridades e com a população essa nova visão apresentada pela Nova Agenda Urbana, buscando fomentar segurança e desenvolvimento para todos que vivem nas áreas urbanas”, acrescentou o especialista.

Renan Filho também celebrou o acordo. “Esse intercâmbio é fundamental para o estado e chega com a primeira parceria entre a ONU e o governo na história de Alagoas. Esperamos um grande progresso em nossas ações a partir da troca de experiências internacionais bem-sucedidas e da credibilidade da ONU”, disse o governador.


Mais notícias de:

Comente

comentários