ONU está pronta para ajudar México, afirma secretário-geral após terremoto

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

O secretário-geral da ONU, António Guterres, expressou tristeza pela destruição e pelas mortes causadas pelo terremoto que atingiu o México na terça-feira (19). Em pronunciamento feito após os tremores, o dirigente máximo das Nações Unidas afirmou que o organismo internacional “está pronto para dar assistência” ao país e à população. Segundo noticiado pela imprensa, o abalo de intensidade 7,1 na escala Richter já deixou mais de 220 mortos.

Em Oaxaca, no México, voluntários ajudam a remover destroços de ruas de San Mateo del Mar, afetada por terremoto no início deste mês. Foto: ONU

Em Oaxaca, no México, voluntários ajudam a remover destroços de ruas de San Mateo del Mar, afetada por outro terremoto no início deste mês. Foto: ONU

O secretário-geral da ONU, António Guterres, expressou tristeza pela destruição e pelas mortes causadas pelo terremoto que atingiu o México na terça-feira (19). Em pronunciamento feito após os tremores, o dirigente máximo das Nações Unidas afirmou que o organismo internacional “está pronto para dar assistência” ao país e à população. Segundo noticiado pela imprensa, o abalo de intensidade 7,1 na escala Richter já deixou mais de 220 mortos.

Guterres expressou suas condolências ao governo e ao povo do México e desejou uma recuperação rápida aos que ficaram feridos. “O desastre de hoje ocorre apenas duas semanas após o país ter sofrido um forte terremoto, que já tinha resultado em sofrimento e perda significativa de vidas”, lembrou o secretário-geral em mensagem reproduzida por seu porta-voz.

O chefe da ONU também elogiou a resposta ágil das autoridades e da sociedade civil ao desastre. O epicentro do terremoto foi identificado entre os estados de Morelos e Puebla. Algumas dezenas de óbitos foram registrados também na capital do país.


Comente

comentários