ONU elogia recuperação do Japão, um ano após terremoto devastador

Ban Ki-moon destacou que desde o terremoto que danificou parte da estrutura nuclear do país causando vazamento, ele tem procurado avançar na questão da segurança nuclear na agenda internacional.

(AIEA)Na véspera do primeiro aniversário do terremoto e tsunami que mataram  mais de 20 mil pessoas no leste do Japão, funcionários da ONU elogiaram a recuperação do país e destacaram os progressos realizados para melhorar a segurança nuclear.

“Há poucos dias, especialistas da ONU relataram os enormes progressos do Japão”, ressaltou o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, admirado pelos esforços japoneses. “Só em Sendai, eles estão processando 460 toneladas de resíduos todos os dias. Em toda a região, se vê reciclagem. Escombros estão sendo usados para a construção de edifícios novos. Isso é muito animador.”

Ban destacou que desde o terremoto que danificou parte da estrutura nuclear do país causando vazamento, ele tem procurado avançar na questão da segurança nuclear na agenda internacional, com o objetivo de prevenir futuros acidentes nucleares. “Nas semanas após o acidente, reunimos especialistas de toda a ONU para examinar o que aconteceu e apresentar recomendações para o mundo”.

A Chefe da Estratégia Internacional das Nações Unidas para Redução de Desastres (UNISDR), Margareta Wahlström, disse que o terremoto e o tsunami serviram para destacar a importância de ter medidas de prevenção em cada lugar. “Um dos grandes aprendizados do terremoto e da tsunami no Japão, que pode ser aplicado em muitos outros países sujeitos a desastres, é a absoluta importância de preparar a população para o pior cenário possível”, ressaltou Wahlström, observando que as autoridades japonesas e os cidadãos tiveram papel-chave durante o desastre.