ONU elogia avanços na Bolívia para chegar a solução pacífica e democrática à crise

O secretário-geral da ONU, António Guterres, elogiou os avanços positivos anunciados este fim de semana para uma solução pacífica e democrática da crise na Bolívia, informou seu porta-voz na terça-feira (25). Ele, no entanto, pediu o fim da retórica de intolerância no país.

Guterres deu boas-vindas à aprovação unânime da legislação para estabelecer um novo Tribunal Supremo Eleitoral que convocará eleições gerais o mais rápido possível. Segundo ele, as Nações Unidas estarão prontas para apoiar esse processo.

Vista de La Paz, Bolívia. Foto: Carakan/Flickr/CC

Vista de La Paz, Bolívia. Foto: Carakan/Flickr/CC

O secretário-geral da ONU, António Guterres, elogiou os avanços positivos anunciados este fim de semana para uma solução pacífica e democrática da crise na Bolívia, informou seu porta-voz na terça-feira (25).

Guterres deu boas-vindas à aprovação unânime da legislação para estabelecer um novo Tribunal Supremo Eleitoral que convocará eleições gerais o mais rápido possível. Segundo ele, as Nações Unidas estarão prontas para apoiar esse processo.

“Este último desenvolvimento demonstra a vontade política para pôr fim à crise. No entanto, para consolidar estas conquistas e evitar mais violência, são necessários mais passos, como frear a retórica da intolerância, aumentar a cooperação entre todas as forças políticas e restaurar a confiança entre todos os afetados pelos violentos eventos do mês passado”, disse o secretário-geral, segundo seu porta-voz.

O secretário-geral da ONU também pediu aos bolivianos que continuem com um diálogo pacífico e construtivo. Seu enviado especial continuará trabalhando com os facilitadores para apoiar os esforços nesse sentido, salientou.