ONU elogia assinatura de acordo político sobre eleições na RD Congo

Secretário-geral das Nações Unidas pediu que as partes respeitem o acordo assinado, e ressaltou o compromisso da ONU em apoiar a sua implementação no âmbito do mandato da Organização no país.

Material de eleição distribuído em diferentes centros eleitorais em Goma, na República Democrática do Congo. Foto: MONUSCO/Alain Wandimoyi

Material de eleição distribuído em diferentes centros eleitorais em Goma, na República Democrática do Congo. Foto: MONUSCO/Alain Wandimoyi

O secretário-geral das Nações Unidas elogiou na semana passada (31) a assinatura de um acordo político entre o presidente da República Democrática do Congo e a oposição sobre a realização das eleições no país.

O acordo é resultado de um acordo inicial assinado em 18 de outubro de 2016 entre as partes. Segundo a ONU, trata-se de um importante passo para uma transição de gestão pacífica e consistente com os princípios democráticos consagrados na Constituição do país.

O secretário-geral das Nações Unidas pediu que as partes respeitem o acordo assinado, e ressaltou o compromisso da ONU em apoiar a sua implementação no âmbito da resolução 2277 (2016), que trata do mandato da missão da Organização no país.

“Todos os atores políticos devem trabalhar para garantir um ambiente propício a eleições livres, justas e credíveis, inclusive evitando a violência”, disse.

Ele pediu que o governo redobre seus esforços para defender os direitos e liberdades fundamentais, passo essencial para um processo eleitoral confiável.