ONU e parceiros se mobilizam para responder epidemia de cólera no Haiti

A comunidade internacional mobilizou seus recursos para ajudar o Governo haitiano a responder a um surto de cólera na região ocidental do país, colaborando com suprimentos médicos e equipes de profissionais de saúde enviados rapidamente para a área afetada, disse a Vice-Coordenadora de Emergências, Catherine Bragg.

ONU e parceiros se mobilizam para responder a epidemia de cólera no Haiti. Foto ONUA comunidade internacional mobilizou seus recursos para ajudar o Governo haitiano a responder a um surto de cólera na região ocidental do país, colaborando com suprimentos médicos e equipes de profissionais de saúde enviados rapidamente para a área afetada, disse a Vice-Coordenadora de Emergências, Catherine Bragg.

“O ponto aqui é que as mortes por cólera são previsíveis, e estamos fazendo tudo que podemos para ajudar às autoridades haitianas para evitar novas mortes”, disse Bragg em Nova York, depois de voltar de uma visita ao Haiti.

Os números fornecidos pelo Governo indicam que mais de 1.500 casos de cólera foram confirmados, ocasionando a morte 138 pessoas. As agências humanitárias já têm 300 mil doses de antibióticos no país, prontos para distribuição, disse Bragg, sublinhando que a propagação da cólera também pode ser controlada através da melhoria da disponibilidade de água limpa, usando sabonete para lavar as mãos antes das refeições e melhorando o saneamento.

A epidemia de cólera foi reportada em torno de Saint-Marc, no departamento de Artibonite, longe dos campos que acolhem centenas de milhares de pessoas que perderam suas casas após o devastador terremoto de 12 de janeiro deste ano.

“Infelizmente, estamos respondendo a um surto de cólera, mas é preciso notar que os cuidados de saúde, saneamento e água potável fornecidos desde o terremoto, têm salvado muitas vidas, e que tudo o que planejamos para fornecer ajuda alimentar foi atingido”, disse Bragg. No entanto, ela destacou que muito mais precisa ser feito para melhorar as “terríveis” condições de alguns dos acampamentos.