ONU e Nasa lançam campanha nas redes sociais a favor do desenvolvimento sustentável

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Concurso mundial de fotografia destaca a importância do espaço sideral para o desenvolvimento sustentável através da hashtag #whyspacematters.

O Escritório das Nações Unidas para Assuntos do Espaço Sideral (UNOOSA) e astronauta Scott Kelly lançando o concurso de fotografia #whyspacematters.  Foto: UNOOSA

O Escritório das Nações Unidas para Assuntos do Espaço Sideral (UNOOSA) e astronauta Scott Kelly lançando o concurso de fotografia #whyspacematters. Foto: UNOOSA

O Escritório das Nações Unidas para Assuntos do Espaço Sideral (UNOOSA), em colaboração com a Nasa e o astronauta Scott Kelly, lançou nesta terça-feira (16) um concurso mundial de fotografia para destacar a importância do espaço sideral para o desenvolvimento sustentável na Terra.

O público deve enviar fotos que descrevam a importância do espaço em nossas vidas diárias através do Instagram usando #whyspacematters (por que o espaço é importante, em tradução livre), e marcar o perfil do @UNOOSA.

O astronauta da Nasa Scott Kelly, que está atualmente a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS) em uma missão única de um ano, junto com o cosmonauta russo Mikhail Kornienko, anunciará a foto vencedora a cada mês, publicando-as em sua conta do Instagram @StationCDRKelly. Ele disse que espera ansioso “para ver as imagens de pessoas pelo mundo sobre como a tecnologia espacial as têm impactado onde vivem”.

O UNOOSA deu exemplos de temas que podem ser usados em fotografias, como o “espaço para as economias em desenvolvimento”, “meio ambiente e mudanças climáticas”, “redução do risco de desastres” e assim por diante. A diretora do Escritório, Simonetta Di Pippo, disse que é uma honra ter Scott Kelly compartilhando sua experiência no espaço com as Nações Unidas.

“Esta campanha vai ajudar a promover a utilização da ciência e tecnologias especiais em áreas como a redução do risco de desastres, acompanhando os efeitos das mudanças climáticas e na igualdade de acesso à educação e telemedicina.”

Saiba todos os detalhes em www.unoosa.org/whyspacematters


Comente

comentários