ONU destina 5 milhões de dólares para ajudar vítimas de inundações em Moçambique

Chuvas provocaram a morte de 105 pessoas e deixaram cerca de 150 mil desabrigadas. Governo e parceiros já destinaram 10 milhões de dólares na resposta emergencial.

Família vivendo em campo aberto em Chihaquelane após ter casa inundada. Foto: WFP/L. FernandezO fundo das Nações Unidas para emergências humanitárias anunciou esta semana que vai distribuir mais de 5 milhões de dólares em assistência a centenas de milhares de pessoas afetadas pelas inundações em Moçambique.

As fortes chuvas no mês passado provocaram grandes inundações no sul do país, matando 105 pessoas e desalojando cerca de 150 mil. Centenas de casas e plantações foram destruídas e a infraestrutura foi severamente danificada.

Em um comunicado, o Escritório das Nações Unidas de Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA) disse que o Governo e os seus parceiros já destinaram 10 milhões de dólares para responder à emergência. No entanto, dada a escala do desastre, mais recursos são necessários.

O dinheiro da ONU será disponibilizado a partir do Fundo Central de Resposta de Emergência (CERF), gerido pelo OCHA, para várias agências da ONU fornecerem produtos e serviços básicos, tais como alimentação, abrigo, assistência médica, água, saneamento e higiene, além de apoio logístico.