ONU condena assassinato de governador de província no Paquistão

Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, condenou firmemente o assassinato ocorrido nesta terça (04/12) do governador da província paquistanesa de Punjab, Salman Taseer.

O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, condenou firmemente o assassinato ocorrido nesta terça (04/12) do governador da província paquistanesa de Punjab, Salman Taseer.

Em um comunicado divulgado no mesmo dia por seu porta-voz, Ban também descreveu Taseer como um “proeminente líder, cuja morte é uma perda para o Paquistão”, e estendeu suas condolências à família de Taseer, ao povo e ao governo do Paquistão.

Segundo relatos da imprensa, o governador de Punjab foi baleado por um de seus próprios guarda-costas quando saía de seu carro no mercado Kohsar, em Islamabad. Após se entregar às autoridades, o assassino manifestou sua oposição à reforma das leis relativas à blasfêmia no Paquistão, tema no qual Taseer estava engajado.