ONU capacita funcionários e organizações do Rio para responder a situações de risco e perigo

Departamento de Salvaguarda e Segurança da ONU (UNDSS) no Brasil ofereceu treinamento para 43 funcionários da ONU, assim como a representantes de ONGs parceiras e outras entidades do Estado do Rio de Janeiro.

A currículo inclui a gestão de sequestros e reféns para minimizar os riscos nestes cenários. Foto: UNDSS Rio

A currículo inclui a gestão de sequestros e reféns para minimizar os riscos nestes cenários. Foto: UNDSS Rio

Para garantir a segurança dos seus funcionários e capacitá-los para enfrentar situações de risco em suas atividades, as Nações Unidas criaram o programa SSAFE – Salvaguarda e Segurança na Abordagem de Trabalho de Campo. Nesta edição, realizada no Rio de Janeiro entre os dias 24 e 26 de novembro, o treinamento contou com a participação de 43 pessoas de Agências, Fundos e Programas da ONU, bem como com parceiros e entidades relacionadas.

Responsabilidade do Departamento de Salvaguarda e Segurança da ONU, o curso incluiu aulas teóricas sobre gestão de incidentes de segurança, sequestros, análise de riscos, segurança pessoal e o funcionamento do sistema de segurança da ONU.

Equipes da Divisão Anti-Sequestro da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, da Polícia Militar realizaram apresentações, contribuindo para a formação e o debate. Os funcionários também receberam instrução em primeiro socorros, que contou com o apoio do Corpo Militar de Bombeiros.

Após os dois primeiros dias de teoria, os participantes concluíram o curso com uma atividade realizada no Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB). Por meio de simulações, os participantes puderam sentir na pele as sensações provocadas durante uma situação de risco e, assim, colocar em prática os ensinamentos adquiridos para minimizar este cenário de periculosidade.

Além de melhorar a preparação dos 43 participantes, a metodologia do curso SSAFE permite às diferentes Agências, Fundos e Programas da ONU capacitar seus recursos humanos para que possam retransmitir esse currículo e formar o seu próprio pessoal.