ONU amplia resposta humanitária enquanto milhares fogem da violência na Nicarágua

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

A Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) pediu nesta terça-feira (31) solidariedade internacional e apoio à Costa Rica e a outros países que acolhem refugiados e solicitantes de refúgio da Nicarágua, enquanto milhares de cidadãos desse país fogem de tensões políticas, violência e graves violações de direitos humanos.

Segundo o porta-voz do ACNUR, William Spindler, que falou a jornalistas em Genebra, nos últimos meses, o número de solicitações de refúgio feitas por nicaraguenses na Costa Rica e em outros países vizinhos teve aumento exponencial.

Mulher durante protesto em Manágua, Nicarágua, em abril de 2018. Foto: Foto: Celia Mendoza/Voice Of America

Mulher durante protesto em Manágua, Nicarágua, em abril de 2018. Foto: Foto: Celia Mendoza/Voice Of America

A Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) pediu nesta terça-feira (31) solidariedade internacional e apoio à Costa Rica e a outros países que acolhem refugiados e solicitantes de refúgio da Nicarágua, enquanto milhares de cidadãos desse país fogem de tensões políticas, violência e graves violações de direitos humanos.

Segundo o porta-voz do ACNUR, William Spindler, que falou a jornalistas em Genebra, nos últimos meses, o número de solicitações de refúgio feitas por nicaraguenses na Costa Rica e em outros países vizinhos teve aumento exponencial.

Atualmente, uma média de 200 solicitações de refúgio são apresentadas diariamente na Costa Rica. De acordo com as autoridades costarriquenhas, quase 8 mil pedidos de nicaraguenses foram registradas desde abril, e outros 15 mil receberam atendimentos para solicitação posterior, já que a capacidade nacional de processamento foi superada.

O ACNUR está prestando apoio inicial às autoridades migratórias para aumentar a capacidade de processamento de 200 para, pelo menos, 500 solicitações por dia.

A agência da ONU está fortalecendo sua presença na região norte da fronteira costarriquenha e, juntamente com o governo da Costa Rica, outras agências das Nações Unidas e ONGs parceiras, está aumentando sua capacidade de resposta humanitária para oferecer proteção imediata e assistência aos milhares de refugiados e solicitantes de refúgio nicaraguenses nas áreas norte e metropolitana de San José.

Muitos nicaraguenses que chegam são hospedados por cerca de 100 mil a 150 mil famílias da Nicarágua que já vivem na Costa Rica, provendo uma rede inicial de segurança para amigos, parentes e conterrâneos.


Mais notícias de:

Comente

comentários