‘Onde os governos não são sensíveis, a paz, a igualdade e a prosperidade não têm lugar’

Leia a mensagem do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, para o Dia Internacional da Democracia, marcado todo 15 de setembro.

Leia a mensagem do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, para o Dia Internacional da Democracia, marcado todo 15 de setembro.

Manifestação de jovens na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, em junho de 2013. Foto: Valter Campanato/ABr

Manifestação de jovens na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, em junho de 2013. Foto: Valter Campanato/ABr

Ao observamos o Dia Internacional da Democracia este ano, o mundo parece mais turbulento do que nunca. Em muitas regiões, e de muitas maneiras, os valores das Nações Unidas, incluindo algumas das liberdades e direitos fundamentais consagrados na Carta das Nações Unidas, estão sendo testados e desafiados.

Os recentes surtos de violência reforçam uma verdade que temos visto repetidas vezes: onde as sociedades não são inclusivas, onde os governos não são sensíveis e responsáveis, a paz, a igualdade e a prosperidade compartilhada não têm lugar.

Precisamos fazer mais para capacitar os indivíduos, focando nas bilhões de pessoas que são menos favorecidas, marginalizadas, sem emprego, sem esperança e compreensivelmente frustradas. Precisamos garantir que elas sejam ouvidas e possam ter um papel ativo no desenvolvimento de seu futuro.

Por isso minha mensagem vai para aqueles que vão estar na vanguarda do mundo para além de 2015 e que, por natureza, estão passando por mudanças em suas próprias vidas: os jovens. Atualmente, uma pessoa em cada cinco tem entre 15 e 24 anos. Nunca antes a transição para a vida adulta teve tantos desafios, mas também oportunidades.

O jovem compartilha dos poderes da rede que eram inimagináveis quando a ONU foi fundada há quase 70 anos. Ele está conectado a questões importantes. Injustiça. Discriminação. Violações dos direitos humanos. O discurso do ódio. A necessidade de solidariedade humana.

Faço um apelo aos membros da maior geração de jovens da história para enfrentar os desafios considerando o que vocês, jovens, podem fazer para resolvê-los. Para assumir o controle do seu destino e traduzir seus sonhos em um futuro melhor para todos. Para contribuir na construção de sociedades democráticas mais fortes e melhores. Para trabalhar em conjunto, para usar o pensamento criativo, para se tornarem arquitetos de um futuro que não deixa ninguém para trás. Para ajudar o mundo a definir o caminho certo para um futuro melhor.

Faço um apelo neste Dia Internacional da Democracia para que os jovens em todos os lugares impulsionem a democracia em todo o mundo.

__________________
Saiba mais sobre a data em http://bit.ly/1oPWIJH