OMS inicia sua avaliação sobre a síndrome respiratória MERS na Coreia do Sul

 Até o momento, 108 casos do MERS foram confirmados e nove pessoas morreram em decorrência da doença.

Um missão conjunta entre a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério de Saúde e Bem-Estar da Coreia do Sul para avaliar a situação relativa ao surto da síndrome respiratória coronavírus do Oriente Médio (Mers-CoV), começou a trabalhar em Seul, capital do país.

Recomendações iniciais fornecidas pela missão conjunta, que começou na última terça-feira (09) foram bem recebidas pelo governo, disse um comunicado de imprensa da OMS.

A missão, que vai terminar a sua visita ao país no sábado (13), está avaliando o padrão epidemiológico do MERS na Coreia do Sul, bem como as características do vírus e fatores clínicos, e avalia as medidas de saúde pública implementadas até à data.

De acordo com a OMS, 108 casos do MERS foram confirmados, incluindo um na China. Nove pessoas morreram em decorrência da doença.