OMS abre centro para conter surto de ebola na África Ocidental

Agência da ONU amplia resposta ao crescente número de infeções pelo vírus na Guiné, Libéria e Serra Leoa. Mais de 600 pessoas já morreram.

Agência da ONU amplia resposta ao crescente número de infeções pelo vírus na Guiné, Libéria e Serra Leoa. Mais de 600 pessoas já morreram.

Foto: UNTV/reprodução

Foto: UNTV/reprodução

Em resposta ao crescente número de infeções pelo vírus do ebola na Guiné, Libéria e Serra Leoa, a Organização Mundial da Saúde (OMS) acabou de ativar um Centro Sub-regional para Coordenação de Surtos em Conacri, capital da Guiné.

Até 12 de julho, o número de casos de ebola nestes três países da África Ocidental foi estimado pela Organização em 964, sendo que 603 deles terminaram em morte.

Assista nesta reportagem e saiba mais em http://bit.ly/EbolaONU