Oito milhões de cartas devem ser enviadas para o Papai Noel em 2013, afirma ONU

Os países que receberam mais cartas em 2012 foram França, com 1,7 milhão, seguida do Canadá, com 1,35 milhão, os Estados Unidos, com um milhão, e o Brasil, com 965 mil.

Foto: Sam Howzit / Flickr –  Creativecommons (http://creativecommons.org/licenses/by/2.0/deed.pt)

Os correios devem processar cerca de oito milhões de cartas para Papai Noel este ano, afirma uma nova pesquisa da União Postal Universal (UPU), divulgada nesta quarta-feira (11). Este número supera o recorde registrado em 2007, quando os correios receberam seis milhões de cartas de crianças do mundo inteiro. Papai Noel, Père Noel e Santa Klaus são os destinatários mais populares das cartas, mas algumas são também endereçadas aos Reis Magos, Ded Moroz e outros.

Escritas principalmente por crianças e cheias de pedidos, essas cartas, muitas vezes endereçadas das formas mais simples (Papai Noel, Pólo Norte), normalmente deveriam ser devolvidas aos seus remetentes, carimbadas como “não entregue” ou “endereço desconhecido”, mas em muitos países os correios criaram um mecanismo para que sejam respondidas “por ajudantes de Papai Noel”.

Os países que receberam mais cartas para o Papai Noel em 2012 foram a França, com 1,7 milhão, seguida do Canadá, com 1,35 milhão, os Estados Unidos com um milhão, e o Brasil, com 965 mil.