OIT pede esforço por capacitação dos sistemas de inspeção do trabalho na América Latina

Um desafio importante enfrentado em numerosas inspeções do trabalho na região é contar com recursos humanos e financeiros suficientes para enfrentar um mundo do trabalho complexo.

Elizabeth Tinoco, Diretora Regional da OIT para a América Latina e o Caribe (OIT)A Organização Internacional do Trabalho (OIT) lançou um apelo para que os sistemas de administração e inspeção do trabalho na América Latina sejam fortalecidos como um eixo fundamental das estratégias de desenvolvimento econômico e social, durante um encontro que reuniu representantes de 14 países da região na capital peruana, Lima.

“A administração e a inspeção do trabalho são uma pedra angular do trabalho decente, especialmente considerando os desafios do mundo globalizado”, disse Elizabeth Tinoco, Diretora Regional da OIT para a América Latina e o Caribe, ao encerrar, na última sexta-feira, 23, a reunião que durou uma semana.

A Oficina sobre Administração e Inspeção do Trabalho convocada pelo Escritório Regional e o Centro Internacional de Formação da OIT permitiu a revisão das diversas tendências e desafios nos países da região e proporcionou espaço para a troca de experiências exitosas.

“É essencial para lutar contra a precariedade no trabalho, assim como para prevenir acidentes, doenças e mortes, ou para evitar e combater a proliferação de práticas como o trabalho infantil ou o trabalho forçado”, disse a Diretora Regional aos representantes dos Ministérios do Trabalho latino-americanos.“Temos o desafio de buscar uma inspeção mais efetiva, mais proativa, modernizada, que se apoie nas novas tecnologias para o processamento e o recolhimento de informação”, acrescentou Tinoco.

De acordo com o diagnóstico compartilhado durante a oficina, um desafio importante enfrentado em numerosas inspeções do trabalho na região é contar com recursos humanos e financeiros suficientes para enfrentar um mundo do trabalho complexo, no qual ainda se registram importantes transformações.