OIT lança página especial sobre trabalho decente na Copa do Mundo

Público pode acessar documentos dos compromissos locais e nacionais pelo trabalho decente, os indicadores utilizados, campanhas em andamento e serviços de informação e denúncia.

Foto: EBC

Foto: EBC

A preparação e realização de grandes eventos esportivos, como a Copa do Mundo e as Olimpíadas, envolvem sempre desafios relevantes para o mundo do trabalho, tanto no que se refere aos seus esperados impactos positivos – como a ampliação das oportunidades de formação profissional e de geração de emprego, trabalho e renda –, quanto a riscos de várias ordens – como acidentes e condições precárias de trabalho.

Para abordar o tema, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) lançou uma página especial sobre o tema contendo, entre outras informações, documentos dos compromissos locais e nacionais pelo trabalho decente, os indicadores utilizados, campanhas em andamento e serviços de informação e denúncia.

“A Organização Internacional do Trabalho acredita firmemente que é possível pactuar e instalar importantes espaços de diálogo social, como os descritos acima, capazes de estimular a adoção de iniciativas ou fortalecer as já existentes para potencializar a promoção do trabalho decente nas atividades de preparação e realização da Copa do Mundo e das Olimpíadas de 2016 no Brasil”, disse a diretora do escritório da OIT no Brasil, Laís Abramo, em artigo publicado nesta quarta-feira (4) na imprensa.

“[A OIT] apoia e acompanha com muito interesse essa experiência, que seguramente servirá de referência para outros grandes eventos no Brasil e para futuras edições da Copa do Mundo e das Olimpíadas em outros países”, acrescentou.

Acesse o artigo da diretora do escritório da OIT no Brasil em http://bit.ly/1hzwc9F

Acesse a página especial da OIT em http://bit.ly/OITnaCopa