OIT lança campanha para Dia Mundial da Justiça Social

No Dia Mundial da Justiça Social, marcado nesta quinta-feira (20), a Organização Internacional do Trabalho (OIT) pergunta: por que o futuro do trabalho deve priorizar as pessoas e o planeta?

Com a hashtag #MyFutureOurPlanet, grave e publique um vídeo de 10 segundos dizendo ao mundo o que você pensa; melhores vídeos serão exibidos para líderes globais. Saiba mais como participar.

OIT lança campanha para Dia Mundial da Justiça Social

No Dia Mundial da Justiça Social, marcado nesta quinta-feira (20), a Organização Internacional do Trabalho (OIT) pergunta: por que o futuro do trabalho deve priorizar as pessoas e o planeta?

A OIT acredita que a única forma de alcançar a justiça social, enfrentar a desigualdade, reduzir a pobreza e abordar a mudança climática é priorizando as pessoas e o planeta.

A Declaração do Centenário da OIT para o futuro do trabalho diz que as pessoas devem estar no centro das políticas econômicas, sociais e ambientais se queremos construir um futuro que seja favorável para todas e todos.

Para comemorar a data, conte para a ONU e para as pessoas responsáveis por formular as políticas no mundo por que razão o tema é importante para você.

Com a hashtag #MyFutureOurPlanet, grave e publique um vídeo de 10 segundos dizendo ao mundo o que você pensa.

Depois, marque três pessoas e convide-as a publicar um vídeo sobre o que elas pensam. Juntos, podemos fazer nossas vozes serem ouvidas em prol da justiça social, das pessoas e do planeta.

Pouco antes do Dia Mundial da Justiça Social, a OIT publicará um vídeo lançando a campanha, que durará até 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente e quando termina a Conferência Internacional do Trabalho (CIT) da OIT em junho.

Os melhores vídeos enviados serão exibidos para os 5 mil participantes da CIT: representantes de governos e de organizações de empregadores e de trabalhadores de 187 países. Eles também serão exibidos no programa diário da OIT, transmitido ao vivo ao longo das duas semanas da Conferência.

Saiba mais sobre a campanha clicando aqui.