OIT e Fundação MasterCard se unem por cinco anos na Work4Youth

Parceria com orçamento de 14,6 milhões de dólares deve ampliar compreensão sobre os desafios dos jovens na transição da educação para o mundo do trabalho. A associação contribuirá para a melhoria de políticas e desenvolvimento de programas sobre emprego juvenil.

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) e a Fundação MasterCard formaram a associação Work4Youth para promover o trabalho decente entre jovens, que enfrentam altas taxas de desemprego e pobreza laboral.

A parceria de cinco anos, com orçamento de 14,6 milhões de dólares, deve ampliar compreensão sobre os desafios enfrentados pelos jovens na transição da educação para o mundo do trabalho. A associação contribuirá para a melhoria de políticas e desenvolvimento de programas sobre emprego juvenil em todo o mundo.

“Devemos dar aos jovens a oportunidade de encontrar um trabalho decente”, afirma o Coordenador do Programa de Emprego Juvenil da OIT, Gianni Rosas. “Isto é essencial para erradicar a pobreza, fomentar a democracia e promover o emprego sustentável. O acesso a um trabalho decente e produtivo é indispensável para que os jovens realizem suas aspirações, melhorem suas condições de vida e dêem uma contribuição positiva para a sociedade”.

“Nossa aliança com a OIT é um bom exemplo de como as autoridades executivas, o setor privado e outras instituições educativas e de empregadores podem colaborar com as organizações internacionais a fim de promover a expansão das oportunidades de trabalho decente para as mulheres e homens jovens do mundo”, avlia a Diretora de Formação Juvenil da Fundação MasterCard, Deepali Khanna.

A Work4Youth realizará avaliações sobre a transição da escola ao trabalho em 28 países em cinco regiões. Os dados serão incluídos em relatórios analíticos nacionais, regionais e mundiais sobre o emprego juvenil para assessorar autoridades e profissionais na formulação de programas e na tomada de decisões políticas.