OIT cria comissão global sobre o futuro do trabalho

Reunindo cerca de 20 especialistas de todo o mundo, a comissão será estabelecida no âmbito da Iniciativa do Centenário sobre o Futuro do Trabalho da OIT, lançada pelo diretor-geral da OIT, Guy Ryder, em 2013. Foto: ONU/Devra Berkowitz

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) irá lançar uma Comissão Global sobre o Futuro do Trabalho. Os nomes dos membros da nova comissão serão anunciados na próxima segunda-feira (21), durante um evento de alto nível que acontecerá na sede da OIT em Genebra, na Suíça, com transmissão ao vivo pela Internet.

A cerimônia terá a presença de dois chefes de Estado que presidirão a comissão: a presidente da República de Maurício, Ameenah Gurib-Fakim, e o primeiro-ministro da Suécia, Stefan Löfven.

Reunindo cerca de 20 especialistas de todo o mundo, a comissão será estabelecida no âmbito da Iniciativa do Centenário sobre o Futuro do Trabalho da OIT, lançada pelo diretor-geral da OIT, Guy Ryder, em 2013. Os especialistas irão produzir um relatório independente sobre o tema, que será submetido à Conferência do Centenário da OIT em 2019.

A expectativa é que o novo organismo global aborde as muitas questões críticas da atualidade e do futuro que estão enraizadas no mundo do trabalho. A comissão irá tratar da questão fundamental de como um mundo do trabalho que está se transformando rapidamente deve ser organizado para responder aos valores da justiça social.

O evento será transmitido ao vivo pelo site da OIT na segunda-feira, das 10h às 10h30 (horário de Brasília) (clique aqui).