OIM e parceiro recebem até 11/7 inscrições para curso virtual para jornalistas sobre migração e direitos humanos

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) e o Instituto de Políticas Públicas em Direitos Humanos do Mercosul recebem até 11 de julho inscrições para curso virtual para jornalistas sobre migração com enfoque em direitos humanos.

As atividades terão duração de cinco semanas — de 31 de julho a 3 de setembro. O público-alvo é formado por jornalistas credenciados que trabalhem para veículos de rádio, imprensa escrita e digital ou TV, e que tenham nacionalidade e/ou residência permanente em Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai.

Venezuelanos chegam ao Brasil pela cidade de Pacaraima, em Roraima. Foto: EBC

Venezuelanos chegam ao Brasil pela cidade de Pacaraima, em Roraima. Foto: EBC

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) e o Instituto de Políticas Públicas em Direitos Humanos do Mercosul recebem até 11 de julho inscrições para curso virtual para jornalistas sobre migração com enfoque em direitos humanos.

O curso é realizado em meio ao projeto “Fortalecendo capacidades institucionais para a gestão de políticas públicas em direitos humanos do Mercosul”, financiado pelo Fundo para a Convergência Estrutural (FOCEM) do bloco econômico sul-americano.

A inciativa tem como objetivo dar aos jornalistas participantes as ferramentas conceituais e práticas para o tratamento jornalístico de questões migratórias a partir de um enfoque de direitos humanos.

A iniciativa é realizada por meio do campus virtual do IPPDH e contará com uma equipe docente, que acompanhará seu desenvolvimento por meio do fórum de atividades e consultas por uma plataforma web.

As atividades terão duração de cinco semanas — de 31 de julho a 3 de setembro. O público-alvo é formado por jornalistas credenciados que trabalhem para veículos de rádio, imprensa escrita e digital ou TV, e que tenham nacionalidade e/ou residência permanente em Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Haverá cotas para nacionais e/ou residentes dos Estados associados ao Mercosul.

No processo de seleção, serão considerados requisitos como distribuição geográfica; diversidade de gênero e temática de trabalho dos postulantes; experiência de trabalho jornalístico com migrações; impacto e/ou adequação da proposta temática do curso em relação às atividades que realiza no veículo de comunicação.

O curso será dado em espanhol e português e se organiza em aulas teóricas e práticas. Os interessados deverão se candidatar por meio do formulário online disponível no link (clique aqui). Serão selecionados 90 inscritos.

Clique aqui para acessar o edital.


Comente

comentários