Oficina forma professores da Paraíba para abordarem desenvolvimento sustentável a partir do esporte

Cerca de 120 professores e gestores de 29 escolas municipais de Guarabira, na Paraíba, participaram de capacitação promovida por parceiros do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Docentes e diretores poderão alcançar até 4,7 mil alunos com atividades multidisciplinares envolvendo educação física e a Agenda 2030 da ONU.

Iniciativa quer melhorar ensino de educação física e ampliar atividades escolares que abordem o tema do desenvolvimento sustentável. Foto: PNUD

Iniciativa quer melhorar ensino de educação física e ampliar atividades escolares que abordem o tema do desenvolvimento sustentável. Foto: PNUD

Cerca de 120 professores e gestores de 29 escolas municipais de Guarabira, na Paraíba, participaram na quarta-feira (28) de uma capacitação sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas. A oficina abordou também a importância da educação física nos ambientes de ensino. Com a formação, docentes e diretores poderão alcançar até 4,7 mil alunos com atividades multidisciplinares envolvendo esporte e a Agenda 2030.

Professora de uma escola pública da zona rural da cidade, Rozenilda Freire acredita que trabalhar os Objetivos Globais com os alunos trará benefícios para o futuro das comunidades locais.

“O desenvolvimento sustentável é muito importante, pois convivo diariamente com pessoas que ainda não prestam muita atenção na temática de preservação do planeta. Com iniciativas como essa, baseada na Agenda 2030, vamos trabalhar para mudar a realidade nas comunidades. E os nossos alunos são o futuro do nosso país”, afirmou.

Nós e o PNUD apostamos na educação
pública para termos uma imensa
usina de sustentabilidade.

A formação oferecida em Guarabira faz parte do projeto ““Educação pelo Esporte”, implementado desde 2003 para melhorar a qualidade da educação física no Brasil. Mais de 675 mil alunos de 378 centros de ensino já foram atendidos pelo programa, que também capacitou 2196 professores em três estados.

A iniciativa também libera recursos e orienta colégios para que eles consigam estruturar de forma mais adequada seus espaços esportivos.

“Por um lado, reafirmamos a disseminação dos ODS. Por outro, provocamos as escolas para que traduzam suas crenças e compromissos em projetos inspirados pela Agenda 2030. Como incentivo, reconheceremos os mais criativos e inovadores projetos, aportando recursos como prêmios para a implantação da prática”, destacou o diretor do Instituto Alpargatas — um dos responsáveis pela capacitação —, Berivaldo Araújo.

O evento foi organizado em conjunto com o Departamento de Relações Internacionais da Universidade Federal da Paraíba, a Secretaria Municipal de Educação e o Projeto Brasil 2030 — parceiros do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). “Nós e o PNUD apostamos na educação pública para termos uma imensa usina de sustentabilidade”, acrescentou Araújo.

“A capacitação de professores é fundamental, pois eles repassam aos alunos a ideia da construção de um planeta mais justo e inclusivo nos próximos anos”, disse a analista de mobilização do Projeto Brasil 2030, Inalda Beder, que participou do encontro em Guarabira.