Número de crianças vítimas da guerra na Síria duplica em um ano, alerta ONU

UNICEF estima que 5,5 milhões de crianças tiveram suas vidas devastadas pela guerra, e exorta a comunidade internacional a tomar medidas.

Criança síria recebe alimentos da ONU. Foto: PMA/Dina El-Kassaby

Novo relatório do Fundo das Nações para a Infância (UNICEF) sobre o conflito na Síria divulga informações alarmantes: existem hoje mais do dobro de crianças afetada pela guerra no país do que há 12 meses.

O documento, “Sitiados: O impacto devastador de três anos de conflito na Síria sobre as crianças”, divulgado nesta segunda-feira (10), estima que 5,5 milhões de crianças tiveram suas vidas devastadas pela guerra, e exorta a comunidade internacional a tomar medidas.

Para as crianças da Síria, os últimos três anos foram os mais longos de suas vidas. Será que devem suportar mais um ano de sofrimento?”, questionou o diretor executivo do UNICEF, Anthony Lake, pedindo o fim imediato da violência e maior apoio para os afetados.

Quase 1 milhão de crianças estão sendo particularmente atingidas pelas hostilidades, presas em áreas sitiadas ou onde a ajuda não consegue chegar devido a constante violência.

Vivendo nos escombros e lutando para encontrar comida, muitas crianças sírias foram deixadas sem proteção, assistência médica ou apoio psicológico, e têm pouco ou nenhum acesso a educação.