Novo relatório da CEPAL abordará desafios sociais da pandemia de COVID-19 na América Latina e Caribe

A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) apresenta na terça-feira (12) o relatório especial COVID-19 N⁰ 3 sobre o seguimento dos efeitos econômicos e sociais do coronavírus na região, intitulado: O desafio social em tempos da COVID-19. 

O novo documento, o terceiro de uma série que examina a evolução da pandemia e seus efeitos na região, apresentará desta vez uma estimativa do impacto social e dos desafios relacionados da atual crise para os países da América Latina e do Caribe, tanto em 2020 como no médio e longo prazo.

Relatório da CEPAL abordará efeitos econômicos e sociais do novo coronavírus na região da América Latina e Caribe. Foto: pixabay/OrnaW

Relatório da CEPAL abordará efeitos econômicos e sociais do novo coronavírus na região da América Latina e Caribe. Foto: pixabay/OrnaW

A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) apresenta na terça-feira (12) o relatório especial COVID-19 N⁰ 3 sobre o seguimento dos efeitos econômicos e sociais do coronavírus na região, intitulado: O desafio social em tempos da COVID-19.

O novo documento, o terceiro de uma série que examina a evolução da pandemia e seus efeitos na região, apresentará desta vez uma estimativa do impacto social e dos desafios relacionados da atual crise para os países da América Latina e do Caribe, tanto em 2020 como no médio e longo prazo.

A apresentação do relatório será feita por meio de uma coletiva de imprensa virtual por Alicia Bárcena, Secretária- Executiva da CEPAL, de Santiago, Chile, às 12h30 de Brasília.

Será transmitida online pelo site da CEPAL e suas redes sociais como, Twitter (@cepal_onu) e Facebook (https://www.facebook.com/cepal.onu).

Os jornalistas poderão enviar suas perguntas com antecedência para o e-mail: conferenciaprensa@cepal.org, que serão respondidas ao vivo pela Secretária-Executiva da CEPAL, ao final da apresentação do documento.  As perguntas serão recebidas até às 13h de Brasília.

Segundo estimativas recentes da CEPAL, a COVID-19 afeta as economias da América Latina e do Caribe por meio de fatores externos e internos, cujo efeito conjunto levará à pior contração que a região sofreu desde 1914 e 1930.

Para 2020, prevê-se uma contração média da economia regional de 5,3%. Da mesma forma, espera-se um forte aumento do desemprego, com efeitos negativos sobre a extrema pobreza e a desigualdade.

A magnitude aproximada desses desafios sociais, bem como os detalhes de uma proposta de uma renda emergencial para a população em situação de pobreza, farão parte do novo relatório apresentado pela secretária-executiva da comissão regional da ONU.

Os meios de comunicação estão convidados a participar da coletiva de imprensa virtual. Os jornalistas deverão se conectar a partir das 12h30 de Brasília pelo site da la CEPAL. As perguntas sobre os temas da coletiva deverão ser enviadas com antecedência para o e-mail: conferenciaprensa@cepal.org.  Elas serão recebidas até às 13h de Brasília, de terça-feira, 12 de maio.

A edição eletrônica completa do novo relatório da CEPAL, juntamente com um comunicado de imprensa e a apresentação da secretária-executiva, Alicia Bárcena, estarão disponíveis no site da CEPAL e na página do Observatorio COVID-19 da América Latina e do Caribe na terça-feira, 12 de maio, ao final da coletiva de imprensa.

O quê: Lançamento do Relatório especial COVID-19 N⁰ 3 da CEPAL: O desafio social em tempos de Coronavírus.

Quem:

  • Alicia Bárcena, secretária-executiva da CEPAL.

Quando: Terça-feira, 12 de maio de 2020, 12h30 de Brasília.

Onde: Conexão virtual pelo site da CEPAL.

Mais informações: