Nova galeria de fotos mostra chegada de comboio humanitário do ACNUR à Síria

Oito caminhões transportaram duas mil tendas e 15 mil cobertores desde Latakia, no litoral sírio, para uma área entre a cidade de Aleppo e a fronteira entre a Síria e a Turquia.

Trabalhadores começam a descarregar os 15 mil cobertores e três mil tendas para deslocados internos sírios que vivem em condições precárias na região de Azzas, no norte da Síria. Foto: ACNUR/A.Solumsmoen.

No final de janeiro, a agência da ONU para refugiados (ACNUR) concluiu a primeira entrega de itens emergenciais de assistência humanitária na região de Azzas, no norte da Síria – onde milhares de deslocados internos estão vivendo em tendas improvisadas –, e também no campo Kerama.

Um comboio de oito caminhões transportou duas mil tendas e 15 mil cobertores desde Latakia, no litoral sírio, para uma área entre a cidade de Aleppo e a fronteira entre a Síria e a Turquia.

A operação só foi possível graças ao apoio logístico fornecido pelo Crescente Vermelho Árabe-Sírio, com base em um acordo negociado com o governo sírio e a Coalização Nacional Síria – que representa os grupos rebeldes. Esta negociação permitiu que o comboio viajasse em segurança para ajudar pessoas em necessidade, em uma operação estritamente humanitária e apolítica.

No início de fevereiro, cerca de 790 mil sírios em países vizinhos já estavam registrados como refugiados ou aguardando serem registrados. Outras 4 milhões de pessoas dentro da Síria têm sido afetadas pela crise, inclusive um número estimado de 2,5 milhões de deslocados internos.

Veja em http://goo.gl/4z8s7 as imagens da operação feitas pelo fotógrafo A.Solumsmoen.

Mais informações no site do ACNUR: www.acnur.org.br

Acesse outras informações sobre o conflito na Síria no site especial produzido pela ONU no Brasil: www.onu.org.br/siria