Nova Declaração do Secretário-Geral da ONU sobre o Egito

Acabo de tomar conhecimento da decisão do Presidente Mubarak de renunciar, e continuo monitorando os acontecimentos no Egito. Respeito esta que deve ter sido uma decisão difícil, tomada pelo interesse maior da população egípcia.

Nova York, 11 de Fevereiro de 2011

Acabo de tomar conhecimento da decisão do Presidente Mubarak de renunciar, e continuo monitorando os acontecimentos no Egito. Respeito esta que deve ter sido uma decisão difícil, tomada pelo interesse maior da população egípcia.

Neste momento histórico, reitero meu pedido por uma transição transparente, ordenada e pacífica, que atenda às aspirações legítimas do povo egípcio e inclua eleições justas, livres e confiáveis, levando à rápida criação de um governo civil. Peço às autoridades de transição que tracem um caminho claro, com a participação de todos os interessados.

Neste processo, é de vital importância que os direitos humanos e as liberdades civis sejam inteiramente respeitados, e que seja assegurado um diálogo genuíno e inclusivo. A voz do povo egípcio, especialmente dos jovens, foi ouvida, e cabe a eles determinar o futuro de seu país.

Eu felicito o povo egípcio pela maneira pacífica, corajosa e ordenada com que ele exerceu seus legítimos direitos. Peço às partes que continuem no mesmo espírito.

As Nações Unidas estão prontas para dar assistência no processo.