No Sudão do Sul, 15 mil crianças estão separadas das famílias ou desaparecidas; vídeo

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) disse que 15 mil crianças permanecem separadas de suas famílias ou desaparecidas, cinco anos depois do início do conflito no Sudão do Sul.

O UNICEF disse que mais de 4 milhões de pessoas foram deslocadas pelos combates no país, a maioria crianças.

Desde o início do conflito, a agência da ONU e parceiros reuniram cerca de 6 mil crianças com seus pais ou responsáveis. Ele disse que cada reunificação é o resultado de meses e, muitas vezes, anos de trabalho para rastrear integrantes desaparecidos da família.