No Rio, exposição Pequim+20 em Graffiti marca Dia pela Eliminação da Violência contra as Mulheres

Roda de conversa e grafite colocam direitos das mulheres em evidência nos muros do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher do Rio de Janeiro – Heloneida Studart (Cedim-RJ).

Graffiti: Panmela Castro.

Graffiti: Panmela Castro.

A partir desta terça-feira (25/11), Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, se inicia, no mundo inteiro, a campanha pelos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres. Até 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos, a mobilização chamará a atenção para o fim dessa grave violação de direitos humanos das mulheres.

Para marcar a data, a ONU Mulheres, a Rede Nami, a Subsecretaria de Estado de Políticas para Mulheres do Rio de Janeiro e o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher do Rio de Janeiro – Heloneida Studart (Cedim-RJ) vão lançar, no Espaço Cultural do Cedim, a exposição “Pequim+20 em Graffiti”, além de oferecer uma oficina de grafite sobre os temas debatidos ao público participante.

Durante a oficina, os muros do Cedim serão grafitados com spray pelo público, sob a orientação das profissionais da Rede Nami. O evento contará ainda com um bate-papo com Ana Carolina Querino, gerente de Programas da ONU Mulheres Brasil, mediado por Panmela Castro, presidenta da Rede Nami. Estarão presentes a subsecretária de Políticas para as Mulheres do Estado do Rio de Janeiro, Marta Dantas, e a secretária de Políticas para as Mulheres da Prefeitura do Rio de Janeiro, Ana Rocha.

Pequim+20

Em 1995 aconteceu em Pequim a Quarta Conferência Mundial sobre as Mulheres. O resultado do encontro foi um acordo para trabalhar pela igualdade de gênero e para eliminar a discriminação contra mulheres e meninas em todo o mundo. O documento, chamado “Plataforma de Ação de Pequim”, lista 12 pontos prioritários de trabalho, além de ações detalhadas para alcançar seus objetivos estratégicos. Trata-se de um roteiro para o avanço da igualdade e do empoderamento das mulheres em todo o mundo.

Vinte anos depois, a campanha Pequim +20 “Empoderar Mulheres, Empoderar a Humanidade: Imagine!” se propõe a mobilizar governos, sociedade civil, mídia, ativistas, especialistas e o Sistema das Nações Unidas em torno dos direitos das mulheres e meninas. Trata-se de um momento histórico, pois no contexto internacional serão definidos os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis (ODS) e a Agenda de Desenvolvimento Pós-2015.

A exposição “Pequim+20 em Graffiti” é fruto de ação desenvolvida pela ONU Mulheres e Rede Nami no último Dia Internacional das Mulheres em Ceilândia, no Distrito Federal. Na ocasião, foram grafitados 12 painéis, cada um inspirado em um dos temas prioritários da Plataforma de Ação de Pequim, que são: Mulheres e pobreza; Educação e Capacitação de Mulheres; Mulheres e Saúde; Violência contra as Mulheres; Mulheres e Conflitos Armados; Mulheres e Economia; Mulheres no Poder e na liderança; Mecanismos institucionais para o Avanço das Mulheres; Direitos Humanos das Mulheres; Mulheres e a mídia; Mulheres e Meio Ambiente e Direitos das Meninas. A ação contou ainda com o apoio da Secretaria de Políticas para as Mulheres do Governo do Distrito Federal e do Instituto Avon.

“Pequim+20 em Graffiti” com oficina de grafite e roda de conversa sobre o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres
Data: 25 de novembro de 2014 (terça-feira)
Horário: a partir das 14h
Local: Espaço Cultural do Cedim Heloneida Studart (Rua Camerino, 51) – Rio de Janeiro/RJ

Confira outros eventos promovidos pela ONU Mulheres e parceiros clicando aqui.