No Rio, Dia das Boas Ações estimula a prática do voluntariado

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Comemorado em mais de 90 países, o Dia das Boas Ações foi lembrado neste ano em 15 de abril.

No Rio de Janeiro, a data reuniu centenas de pessoas na Quinta da Boa Vista, zona norte da cidade, para atividades culturais e sociais como oficinas, adoção de animais e debates sobre temas como sustentabilidade, acessibilidade e gênero.

Evento teve a participação do Programa de Voluntários das Nações Unidas, que defendeu o voluntariado como ferramenta para a promoção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Comemorado em mais de 90 países, o Dia das Boas Ações, que neste ano foi lembrado em 15 de abril, estimula o engajamento de voluntários em projetos que ajudam a alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

No Rio de Janeiro, a data reuniu centenas de pessoas na Quinta da Boa Vista, zona norte da cidade, para atividades culturais e sociais como oficinas, adoção de animais e debates sobre temas como sustentabilidade, acessibilidade e gênero.

“Quando a gente fala em não deixar ninguém para trás, é aí que o voluntariado empurra os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, porque nós só vamos conseguir atingi-los se realmente não deixarmos ninguém para trás e envolvermos toda a sociedade”, disse Monica Villarindo, do Programa de Voluntários da ONU.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Esta é a terceira edição do evento, organizado pela plataforma de voluntariado Atados, em parceria com mais de 100 ONGs e coletivos. No ano passado, o encontro reuniu cerca de 2,5 milhões de voluntários em mais de 20 mil ações pelo mundo.

“Nessas três edições a gente já vê pessoas que conheceram uma ONG e viraram voluntários naquela ação e depois continuaram e hoje estão até expondo seus projetos representando aquela ONG que elas conheceram no primeiro Dia das Boas Ações”, conta Daniel Morais, fundador da Atados.

Para conhecer e participar do Programa de Voluntários das Nações Unidas, clique aqui.


Mais notícias de:

Comente

comentários