No Dia Mundial do Doador de Sangue, OMS pede participação de mais voluntários

Em países de renda alta e média, por exemplo, a demanda por sangue é impulsionada pelo avanço nos procedimentos médicos e cirúrgicos.

Para marcar o Dia Mundial do Doador de Sangue e em meio a uma crescente necessidade global por sangue, a agência da ONU pediu hoje (14/06) para que mais pessoas se voluntariem de forma regular.

“Com a expectativa de vida aumentando e o consequente acréscimo no número de doenças crônicas relacionadas à idade, incluindo o câncer, que necessitam de sangue e hemoderivados para o tratamento, a demanda supera a oferta”, disse o Coordenador de Segurança de Transfusão de Sangue no âmbito da Organização Mundial da Saúde (OMS), Dr. Neelam Dhingra, em comunicado à imprensa.

Em países de renda alta e média, por exemplo, a demanda por sangue  é impulsionada pelo avanço nos procedimentos médicos e cirúrgicos, como cirurgias cardiovasculares e transplantes.