No Brasil, Secretário-Geral conversa com líderes nacionais

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, se reuniu com a Presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, com o Ministro de Relações Exteriores, Antonio Patriota, e com membros do Parlamento nacional em sua última parada da viagem a quatro países que o levou a Colômbia, Argentina e Uruguai.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, se reuniu com a Presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, com o Ministro de Relações Exteriores, Antonio Patriota, e com membros do Parlamento nacional em sua última parada da viagem a quatro países que o levou a Colômbia, Argentina e Uruguai.

Ban chegou no Brasil na noite de quarta-feira (15/06) vindo do Uruguai, onde esteve no Parlamento, observando que o país viveu um período sombrio de ditadura e abusos dos direitos humanos, mas conseguiu se transformar em uma nação progressista e tolerante.

Ele também notou que as pessoas no Oriente Médio e no Norte da África também estão pedindo liberdade e democracia.

O Secretário-Geral pediu mais uma vez ao Presidente da Síria, Bashar al-Assad, que proteja a população de seu país, respeitando seus direitos, ouvindo suas demandas por reformas e criando condições apropriadas para o retorno dos refugiados.

“Implemente uma reforma significativa agora, antes que seja tarde demais”, disse Ban em uma mensagem direta a Assad.

Autoridades sírias têm sido muito criticadas pela repressão violenta dos protestos, que fazem parte de um amplo levante esse ano pelo Norte da África e Oriente Médio que já derrubou regimes de longa data na Tunísia e no Egito, e levou ao atual conflito na Líbia.

Acompanhe a cobertura completa da visita de dois dias do Secretário-Geral da ONU ao Brasil em www.onu.org.br/sg2011

Abaixo, fotos de quinta-feira (16/06), o primeiro dia da visita.

[nggallery id=6]