Nações Unidas lançam emoji especial para campanha ‘Vidas Negras’

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

As Nações Unidas no Brasil lançaram um emoji especial para a campanha “Vidas Negras”, pelo fim da violência contra jovens negros. A imagem de um punho negro cerrado aparece na postagem dos usuários que utilizarem as hashtags #ConsciênciaNegra e #VidasNegras no Twitter.

O lançamento oficial da campanha ocorre nesta terça-feira (7), durante evento na Casa da ONU em Brasília (DF), com a divulgação de vídeos protagonizados pelos atores Taís Araújo, Kenia Maria e Érico Brás, a poeta Elisa Lucinda e o grupo Dream Team do Passinho.

(divulgação/ONU)

(divulgação/ONU)

As Nações Unidas no Brasil lançaram um emoji especial para a campanha “Vidas Negras”, pelo fim da violência contra jovens negros. A imagem de um punho negro cerrado aparece na postagem dos usuários que utilizarem as hashtags #ConsciênciaNegra e #VidasNegras no Twitter.

O lançamento oficial da campanha ocorre nesta terça-feira (7), durante evento na Casa da ONU em Brasília (DF), com a divulgação de vídeos protagonizados pelos atores Taís Araújo, Kenia Maria e Érico Brás, a poeta Elisa Lucinda e o grupo Dream Team do Passinho.

O encontro terá a presença do coordenador-residente da ONU, Niky Fabiancic; de representantes do governo e da sociedade civil que atuam no tema; e do ator Érico Brás.

A iniciativa, ligada à Década Internacional de Afrodescendentes, envolve os 26 organismos da equipe de país da ONU. O objetivo é sensibilizar sociedade, gestores públicos, sistema de Justiça, setor privado e movimentos sociais a respeito da importância de políticas de prevenção e enfrentamento da discriminação racial.

Para a ONU, o racismo é uma das principais causas da situação de violência a que a população negra está submetida. Atualmente, um homem negro tem até 12 vezes mais chance de ser vítima de homicídio no Brasil, segundo o Mapa da Violência.


Comente

comentários