Na quinta (22), Governo do Brasil e ONU mostram papel da agricultura familiar na redução da pobreza

Em Brasília, o governo brasileiro e o Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA) apresentarão as conclusões de uma avaliação. Agricultura familiar e cooperação Sul-Sul são destaques na transformação de zonas rurais e diminuição da pobreza no campo no Brasil.

Foto: FIDA

Foto: FIDA

Na quinta-feira (22), o Escritório Independente de Avaliação (IOE) do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA), a agência da ONU especializada no desenvolvimento rural, vai apresentar as conclusões de uma avaliação aprofundada sobre a estratégia e as operações apoiadas pelo FIDA no Brasil.

Na Mesa-redonda Nacional, que acontecerá no Centro de Eventos “Brasil 21” de Brasilia, o governo brasileiro e o FIDA vão discutir os resultados da avaliação e como a agricultura familiar e a cooperação Sul-Sul e Triangular contribuirão para transformar as zonas rurais e reduzir a pobreza rural no Brasil. As conclusões da avaliação e as discussões constituirão a base para desenvolver com o governo brasileiro a nova estratégia do FIDA para o país.

O encontro está aberto para a participação da mídia e a coletiva de imprensa acontecerá às 10h45 e contará com a presença dos seguintes representantes do governo brasileiro e do FIDA:

  • Governo brasileiro: Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão do Brasil, Sr. Nelson Barbosa, e o Ministro do Desenvolvimento Agrário, Sr. Patrus Ananias de Sousa.
  • Escritório Independente de Avaliação do FIDA: o diretor, Oscar Garcia, Diretor, e o vice-diretor e analista líder do Programa de Avaliação Brasil, Ashwani Muthoo.
  • Departamento de Gestão dos Programas do FIDA: Vice-presidente associada do Departamento de Serviços Corporativos, Lakshmi Menon Chengalth, diretor da Divisão para a América Latina e o Caribe, Joaquín Lozano.

Informações gerais:
A Mesa-redonda Nacional é coorganizada pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão do Brasil e o Escritório Independente de Avaliação do FIDA (IOE).

Participam neste evento representantes dos governos federal e estaduais do Brasil, de projetos e programas financiados pelo FIDA, organizações não governamentais e civis (nacionais e internacionais), instituições acadêmicas, fundações, do setor privado e doadores.

Nos dias 18 e 19 de outubro, a delegação do FIDA realizará uma visita à área do projeto Dom Helder Câmara, no Estado do Ceará. A visita vai oferecer à delegação do FIDA a oportunidade de falar diretamente com os beneficiários e funcionários dos projetos, autoridades do governo federal e dos governos estaduais. Será também uma oportunidade para ver as atividades do projeto no terreno. Os jornalistas também estão convidados a participar desta visita.

A parceria do FIDA-Brasil resultou ao longo dos anos em um investimento de 825 milhões de dólares e permitiu que o Fundo e as autoridades brasileiras realizassem projetos bem-sucedidos como Gente de Valor, Sertão e Dom Helder Câmara, beneficiando mais de 360 mil famílias rurais pobres.

Para mais informações sobre o evento em Brasília e a visita ao projeto Dom Helder Câmara em Ceará, ou para organizar entrevistas com participantes-chave do evento, entre em contato com:

Jaqueline Rabelo Souza
Especialista em Comunicação do IOETel.
+39 06 5459 2786
Email:j.souza@ifad.org

Juan I. Cortés
Oficial de Comunicação para a América Latina e o Caribe divisão do FIDA
Tel. +39 06 54592882
Email: j.cortescarrasbal@ifad.org

O Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA) investe em pessoas rurais, os capacitando a reduzir a pobreza, aumentar a segurança alimentar, melhorar a nutrição e fortalecer a resiliência. Desde 1978, fornece 17 bilhões de dólares em doações e empréstimos a juros baixos para projetos que tenham atingido cerca de 453 milhões de pessoas. O FIDA é uma instituição financeira internacional e uma agência especializada das Nações Unidas com sede em Roma.

Sobre o Escritório Independente de Avaliação (IOE): O Escritório Independente de Avaliação do FIDA (IOE) é responsável pela realização de avaliações independentes de políticas, estratégias e operações para promover a responsabilidade e a aprendizagem, financiadas pelo FIDA.

O principal objetivo é contribuir para a melhoria do desempenho do FIDA e seus parceiros no apoio à transformação rural nos países membros em desenvolvimento. As iniciativas do IOE avaliam o impacto das atividades financiadas pelo FIDA e dão uma análise de sucessos e deficiências – para contar como estão as atividades – bem como identificam os fatores afetando o seu desempenho.

Com base nas principais descobertas e recomendações extraídas dos resultados da avaliação, o IOE também comunica e compartilha o conhecimento e a experiência do FIDA em agricultura e desenvolvimento rural com um público mais amplo.