Na OMC, China questiona taxação de exportações pelos Estados Unidos

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Após o anúncio pelos Estados Unidos de novas taxações sobre exportações da China, o gigante asiático decidiu abrir uma disputa com os norte-americanos na Organização Mundial do Comércio (OMC). Governo chinês denuncia que políticas tarifárias visam exclusivamente a indústria do país e imputariam uma taxação adicional de 25% a produtos de diferentes setores, como maquinário e eletrônicos.

China questiona taxações dos Estados Unidos sobre exportações. Foto: Flickr (CC)/futureatlas.com

China questiona taxações dos Estados Unidos sobre exportações. Foto: Flickr (CC)/futureatlas.com

Após o anúncio pelos Estados Unidos de novas taxações sobre exportações da China, o gigante asiático decidiu abrir uma disputa com os norte-americanos na Organização Mundial do Comércio (OMC). Governo chinês denuncia que políticas tarifárias visam exclusivamente a indústria do país e imputariam uma taxação adicional de 25% a produtos de diferentes setores, como maquinário e eletrônicos.

Em documento que solicita a abertura de consultas com os Estados Unidos, a representação da China no organismo internacional lembra que a decisão das autoridades norte-americanas se baseia na Seção 301 do Ato de Comércio de 1974. Segundo o país asiático, a manobra de Washington extrapola tributações estipuladas por marcos legais da OMC, como o Acordo Geral sobre Tarifas e Comércio da OMC, de 1994.

A medida dos Estados Unidos também é inconsistente com o Artigo 23 do Entendimento de Resolução de Disputa da agência da ONU.

Acesse a solicitação de abertura de consultas da China clicando aqui.


Comente

comentários