Na Guatemala, Ban demonstra preocupação com aumento da violência no país

Em visita à Guatemala, o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon agradeceu nesta quarta-feira (16/03) a contribuição que as forças de paz da ONU têm recebido do país, mas demonstrou preocupação com o agravamento das taxas de criminalidade, insegurança e violação dos direitos humanos.

Em visita à Guatemala, o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon agradeceu nesta quarta-feira (16/03) a contribuição que as forças de paz da ONU têm recebido do país, mas demonstrou preocupação com o agravamento das taxas de criminalidade, insegurança e violação dos direitos humanos. “Acabar com a impunidade é fundamental para proteger todos os guatemaltecos da violência “, declarou Ban após um encontro com o Presidente, Alvaro Colom, na capital Cidade da Guatemala.

“Tenho certeza de que a população da Guatemala concorda que eles não chegaram ao fim de 36 anos de conflito armado para ver a violência surgir em outras formas”, declarou o Secretário-Geral, acrescentando que a ONU dará todo o apoio para o país combater a violência e, principalmente, a violação aos direitos humanos.

Ele lembrou que a Guatemala é conhecida mundialmente por sua diversidade ecológica, sua rica cultura e sua história. “O desafio que compartilhamos hoje é garantir que a Guatemala também ganhe a reputação pelo um abrigo da justiça, pelo respeito aos direitos humanos e pela verdadeira segurança.”

Ban chamou de “construtiva” a conversa que teve com o Presidente Colom, afirmando que eles abordaram importantes assuntos como pobreza, violência contra mulheres e os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). Os dois também entraram em acordo sobre a importância do trabalho da Comissão Internacional contra a Impunidade na Guatemala (CICIG).