Mostra de cinema inaugura celebrações do Dia Mundial do Refugiado no Brasil

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Neste ano, as celebrações do Dia Mundial do Refugiado — lembrado em 20 de junho — começarão mais cedo no Brasil. Na próxima quinta-feira (1º), a Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) e seus parceiros inauguram a mostra de cinema internacional “Olhares sobre o Refúgio”. Iniciativa ocupará salas de cinema de Curitiba, Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre e Brasília. Entrada para todos os filmes do circuito é gratuita.

Realizada pelo ACNUR, a mostra de filmes “Olhares sobre o Refúgio” trará para os cinemas de cinco capitais brasileiras diferentes perspectivas sobre a vida de vítimas de deslocamento forçado. Foto: ACNUR/Sebastian Rich

Realizada pelo ACNUR, a mostra de filmes “Olhares sobre o Refúgio” trará para os cinemas de cinco capitais brasileiras diferentes perspectivas sobre a vida de vítimas de deslocamento forçado. Foto: ACNUR/Sebastian Rich

Neste ano, as celebrações do Dia Mundial do Refugiado — lembrado em 20 de junho — começarão mais cedo no Brasil. Na próxima quinta-feira (1º), a Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) e seus parceiros inauguram a mostra de cinema “Olhares sobre o Refúgio”, que percorrerá cinco capitais brasileiras ao longo do mês.

Com produções inéditas no circuito nacional, o circuito oferecerá ao público as visões de diretores brasileiros e estrangeiros sobre os dilemas, dificuldades e conquistas de refugiados em diferentes partes do mundo.

A mostra começa por Curitiba, com o documentário “Bem-vindo ao Canadá”, um curta-metragem produzido em 2016 sobre a história de um jovem refugiado sírio que vive em território canadense e ajuda outros refugiados recém-chegados a reconstruírem suas vidas. Na capital paranaense, a mostra segue em cartaz até o dia 4 de junho, na Cinemateca de Curitiba (Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1.174), sempre às 19hs, com entrada franca.

Além de Curitiba, a mostra “Olhares sobre o Refúgio” passará pelo Rio de Janeiro (nos dias 6, 13, 20 e 27 de junho), Porto Alegre (de 8 a 11 de junho), Brasília (17 de junho) e São Paulo (de 22 a 27 de junho), sempre com entrada franca – veja abaixo a programação completa.

Os outros títulos da mostra são os inéditos “Exodus: de onde eu vim não existe mais” (Brasil e Alemanha, 2016), “Estou com a Noiva” (Itália e Palestina, 2014) e a “Casa de Lúcia” (Brasil, 2017), além do documentário ficcional “Era o Hotel Cambridge” (Brasil, 2017), já exibido no circuito comercial.

Com direção de Hank Levine, produção da O2 Filmes e coprodução da GloboNews, o documentário “Exodus” revela a história de seis refugiados em busca de um lugar para recomeçar. Um desses países onde os personagens encontram uma nova morada é o Brasil.

A produção ítalo-palestina “Estou com a Noiva”, dirigida por Antonio Augugliaro, Gabriele Del Grande e Khaled Soliman Al Nassiry, mostra a saga de refugiados numa viagem de 3 mil quilômetros entre Milão, na Itália, e Estocolmo, na Suécia, tendo como pano de fundo um casamento fictício.

O documentário brasileiro “A Casa de Lúcia”, dirigido por João Marcelo e Lúcia Luz, retrata a inesperada viagem de uma refugiada síria que vive no Brasil ao Kuwait, onde ela reencontra seus familiares. A produção aborda a dificuldade de retornar a um local ao qual já não se pertence mais.

A ficção documental “Era o Hotel Cambridge”, dirigida por Eliane Caffé, debate os problemas de moradia para populações vulneráveis – inclusive os refugiados – nos grandes centros urbanos.

Em São Paulo, a mostra contará ainda com os filmes “O Pacote Completo” (Alemanha, 2014) e “Terra Firme” (França e Itália, 2011) e com a exibição de obras da artista multimídia Sonia Guggisberg.

São parceiros da mostra a Embaixada do Canadá no Brasil, o Governo do Rio Grande do Sul, a Prefeitura de Curitiba, o Instituto Oi Futuro, o SESC-SP e o coletivo Bambuo.

Também apoiam a realização do evento a Cáritas Brasileira Regional Paraná, a Associação Antônio Vieira, o Instituto Migração e Direitos Humanos, as Cáritas Arquidiocesanas do Rio de Janeiro e de São Paulo, o ADUS (Instituição de Integração do Refúgio), a Associação Compassiva, a organização não governamental I Know My Rights (IKMR) e instituições de ensino superior vinculadas à Cátedra Sérgio Vieira de Mello.

A classificação indicativa da mostra de cinema é de 16 anos. Além da iniciativa, as celebrações do Dia Mundial do Refugiado no Brasil incluirão seminários, exposições, divulgação de estatísticas globais sobre o refúgio no mundo e feiras culturais e gastronômicas – sempre com a participação de refugiados que vivem no país.

Segundo dados do Comitê Nacional para Refugiados (CONARE), o Brasil acolhe atualmente cerca de 10 mil pessoas já reconhecidas como refugiadas. Esses indivíduos são de diferentes nacionalidades, sendo a maioria proveniente da Síria, Colômbia e República Democrática do Congo.

Para mais informações sobre as atividades do Dia Mundial do Refugiado no Brasil, entre em contato com a Assessoria de Comunicação do ACNUR: (61) 3044.5744 / brabrpi@unhcr.org.

Abaixo, a agenda completa da mostra de cinema “Olhares sobre o Refúgio”
:

Curitiba: de 01 a 04 de junho, sempre às 19hs
Local: Cinemateca de Curitiba (Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1.174)
· 01/06: “Bem-Vindo ao Canadá”
· 02/06: “Estou com a Noiva”
· 03/06: “Exodus: de onde eu vim não existe mais”
· 04/06: “Era o Hotel Cambridge”

Porto Alegre: de 08 a 11 de junho, sempre às 19hs
Local: Cinemateca Paulo Amorim, Casa de Cultura Mario Quintana (Rua dos Andradas, 736)
· 08/06: “Bem-Vindo ao Canadá”
· 09/06: “Estou com a Noiva”
· 10/06: “Exodus: de onde eu vim não existe mais”
· 11/06: “Era o Hotel Cambridge”

Rio de Janeiro: 06, 13, 20 e 27 de junho, sempre às 19hs
Local: Oi Futuro (Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo)
· 06/06: “Bem-Vindo ao Canadá” e “Exodus: de onde eu vim não existe mais”
· 13/06: “Era o Hotel Cambridge”
· 20/06: “Estou com a Noiva”
· 27/06: “A Casa de Lúcia”

Brasília: 17 de junho (a partir das 14h30)
Local: Cine Brasília (EQS 106/107 – Asa Sul)
· 17/06: “Bem-vindo ao Canadá” (14h30)
· 17/06: “Era o Hotel Cambridge” (16h30)
· 17/06: “Estou com a Noiva” (18h30)
· 17/06: “Exodus: de onde eu vim não existe mais” (20h15)

São Paulo: de 22 a 27 de junho, sempre às 19hs
Local: CineSesc (Rua Augusta, 2.075)
· 22/06: “Bem Vindo ao Canadá”
· 23/06: “Estou com a Noiva”
· 24/06: “Exodus: de onde eu vim não existe mais”
· 25/06: “A Casa de Lúcia”
· 26/06: “Terra Firme”
· 27/06: “O Pacote Completo”


Mais notícias de:

Comente

comentários