Mostra das Nações Unidas no MetrôRio bate recorde de público na Jornada Mundial da Juventude

ONU apresentou a milhões de pessoas que utilizaram o metrô do Rio de Janeiro para chegar à praia de Copacabana, principal palco da Jornada Mundial da Juventude 2013, uma exposição fotográfica que conta um pouco da atuação da instituição.

A Organização das Nações Unidas apresentou a milhões de pessoas que utilizaram o metrô do Rio de Janeiro para chegar à praia de Copacabana, principal palco da Jornada Mundial da Juventude 2013, uma exposição fotográfica que conta um pouco da atuação da instituição.

A mostra “A ONU faz a diferença” esteve aberta na estação Siqueira Campos, um dos principais pontos de acesso à praia, durante todo o mês de julho.

Entre os dias 23 e 28, a exposição coincidiu com o evento da Igreja Católica, que transferiu para Copacabana a maioria das atividades da Jornada. A mudança fez com que Copacabana batesse recordes de público e circulação de pessoas.

A prefeitura do Rio de Janeiro anunciou que mais de 9 milhões de pessoas utilizaram o transporte público da cidade no período, funcionando em esquema de 24 horas. A empresa concessionária do metrô informou mais de 3 milhões de passageiros — tendo boa parte deles utilizado essa estação.

A mostra, com informações em inglês e português, reuniu fotografias do trabalho de ajuda humanitária, luta contra a pobreza e pelos direitos humanos, saúde, democracia e operações de paz. A ação foi uma iniciativa do Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio) em parceria com o Metrô da cidade do Rio de Janeiro, com apoio de comunicação da empresa Maxpress e execução da produtora OYA, que montou a exposição pro bono.

Saiba mais sobre as atividades da ONU na Jornada Mundial da Juventude aqui: http://goo.gl/L6HVMu