Ministra do Desenvolvimento Social apresenta na OIT Conferência sobre Trabalho Infantil

Tereza Campello apresentará a III Conferência Global sobre Trabalho Infantil, que será realizada entre 8 e 10 de outubro deste ano em Brasília.

Ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Tereza Campello. Foto: ABr/Antonio Cruz

Ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Tereza Campello. Foto: ABr/Antonio Cruz

A Ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, participou nesta quinta-feira (21) de um evento paralelo à reunião do Conselho de Administração da Organização Internacional do Trabalho (OIT), em Genebra, na Suíça, para apresentar a III Conferência Global sobre Trabalho Infantil, que será realizada entre 8 e 10 de outubro de 2013 em Brasília.

A sessão do Conselho receberá informações sobre o processo preparatório, aspectos logísticos, os objetivos e os resultados esperados da Conferência.

Em recente reunião dos diretores das agências do Sistema das Nações Unidas, a Diretora do Escritório da OIT no Brasil, Laís Abramo, fez uma apresentação sobre a III Conferência Global, destacando sua importância no objetivo de eliminar as piores formas de trabalho infantil, meta a ser atingida em 2016. Em abril serão apresentadas novas estimativas globais sobre trabalho infantil, como contribuição à Conferência.

Já nesta sexta-feira (22), o Grupo de Trabalho sobre a Dimensão Social da Globalização terá acesso a uma apresentação sobre o Plano Brasil Sem Miséria, do Governo Federal, com a participação da Ministra, do Presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, e do Professor da Universidade Jawaharlal Nehru, em Nova Deli (Índia), Deepak Nayyar.

Durante o Seminário Internacional Pactos Sociais para uma Proteção Social mais Inclusiva, promovido pela Comissão Econômica para a América Latina e Caribe (CEPAL) nesta quarta-feira (20) e quinta-feira (21) em Santiago (Chile), Abramo destacou que as conferências nacionais se firmaram, nos últimos anos, como a principal política participativa promovida pelo governo federal brasileiro.

Entre 2003 e 2010, destacou a Diretora do Escritório da OIT no Brasil, foram realizadas no país 74 conferências nacionais em 40 temas diferentes, em diversas áreas das políticas pública, envolvendo mais de 5 milhões de pessoas.

Laís Abramo citou a importância da I Conferência Nacional de Emprego e Trabalho Decente, realizada em agosto do ano passado, em Brasília, enfatizando seu caráter tripartite e o fato de ter mobilizado cerca de 23 mil pessoas durante todo o processo de discussão. No total, foram realizadas 273 conferências preparatórias a esta conferência, das quais 26 estaduais; 104 regionais; 5 micro regionais; 138 municipais e 1 videoconferência envolvendo 78 municípios.


Comente

comentários