Ministério da Saúde e OPAS vão manter parceria e dar continuidade ao Programa Mais Médicos

Criada em 2013 pelo governo federal, iniciativa permitiu preencher 18.240 vagas em 4.058 municípios e 34 distritos sanitários Indígenas. Dessas, 11.429 foram ocupadas por profissionais cubanos – que prestam atendimento no Brasil por meio de cooperação com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS).

Mais Médicos buscar suprir carência de profissionais de saúde nos municípios do interior e nas periferias das grandes cidades do Brasil. Foto: FIOCRUZ / Araquém Alcântara

Mais Médicos buscar suprir carência de profissionais de saúde nos municípios do interior e nas periferias das grandes cidades do Brasil. Foto: FIOCRUZ / Araquém Alcântara

Na última sexta-feira (20), o representante da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), Joaquín Molia, encontrou-se com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, com quem conversou sobre o Programa Mais Médicos.

Criada em 2013 pelo governo federal, a iniciativa permitiu preencher 18.240 vagas em 4.058 municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI). Dessas, 11.429 foram ocupadas por profissionais cubanos – que prestam atendimento no Brasil por meio de cooperação internacional com a agência regional da ONU.

“O Mais Médicos continuará dando sempre preferência aos profissionais brasileiros e vamos incentivar para que essa participação cresça cada vez mais. Mas enquanto existir necessidade de preencher vagas em que médicos brasileiros não se dispõem a ir, nós estaremos suprindo com os profissionais por meio da cooperação com a OPAS”, afirmou Barros.

“Esse é o objetivo que o governo tem para manter a proposta que foi muito bem aceita e avaliada pelos prefeitos e pela população, que está satisfeita com o atendimento realizado pelos profissionais em todo o país.”

Segundo Molina, o Mais Médicos é fundamental para reforçar a atenção básica no Brasil. O representante da OPAS alertou que o Programa “está em um ano crucial”.

“É um ano de reposição de um grupo de médicos. Então, vamos trabalhar juntos e de maneira intensa para novas metas e vencer novos desafios para a população que mais necessita de atenção”, destacou.

Confira tudo sobre o Programa Mais Médicos clicando aqui.