Militares brasileiros que estão deixando Missão de Paz da ONU promovem festival cultural no Haiti

Cerca de 4 mil pessoas participaram de evento na Praça da Paz, em Bel-Air. Shows, cinema e atividades recreativas para crianças marcaram a despedida de 460 capacetes azuis.

Patrulha realizada por militares brasileiros no Haiti. Fotos: MINUSTAH/Jesus Serrano Redondo e Igor Rugwiza

Um festival cultural promovido por militares brasileiros em Bel-Air marcou a despedida de parte do contingente que atua na Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH). A retirada de 460 soldados do Brasil foi iniciada em 12 de abril.

Cerca de 4 mil pessoas participaram do evento na Praça da Paz. A manhã de 11 de abril foi destinada principalmente às crianças, com corrida de saco, oficina de pipas e futebol, entre outras atividades lúdicas. À tarde, houve demonstração de capoeira, festival de música e de dança e, à noite, uma sessão de cinema, além da apresentação de uma banda de rara – música haitiana. O evento foi realizado em parceria com a ONG Viva Rio.

Festival promovido por militares brasileiros no Haiti. Fotos: MINUSTAH/Jesus Serrano Redondo e Igor Rugwiza

A redução gradual da presença militar internacional no Haiti segue determinação do Conselho de Segurança da ONU. Neste sentido, o Brasil está desmontando seu segundo batalhão de Força de Paz (BRABAT 2). Parte dele – 319 militares – será integrada ao primeiro batalhão (BRABAT 1), que permanecerá na capital haitiana, Porto Príncipe, e terá sua área de atuação ampliada.

O BRABAT 2 foi enviado ao Haiti após o terremoto de janeiro de 2010, que matou cerca de 220 mil pessoas. Responsável pela segurança de uma das áreas mais difíceis do país, realizou só nos últimos quatro meses 2.623 patrulhas, incluindo grandes operações conjuntas com a Polícia Nacional do Haiti e a Polícia das Nações Unidas (UNPOL).

Crianças participam de brincadeiras organizadas por militares brasileiros em Bel-Air. Fotos: MINUSTAH/Jesus Serrano Redondo e Igor Rugwiza

No mesmo período, dezenas de atividades culturais e sociais foram realizadas pelo BRABAT 2, beneficiando mais de 35 mil pessoas. As iniciativas incluem dez sessões de cinema ao ar livre e a distribuição de mais de 1,6 milhão de litros de água potável.