Militares brasileiros em missões de paz da ONU são homenageados no Rio; vídeo

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Para marcar o Dia Internacional dos Trabalhadores das Forças de Paz da ONU, lembrado em 29 de maio, o Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB) fez uma homenagem aos pacificadores brasileiros, destacando o seu papel em missões de paz no mundo. Confira neste vídeo do Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio).

Para marcar o Dia Internacional dos Trabalhadores das Forças de Paz da ONU, lembrado em 29 de maio, o Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB) fez uma homenagem aos pacificadores brasileiros, destacando o seu papel em missões de paz no mundo.

Para participar de uma missão de paz, o militar precisa passar por um treinamento intensivo que simula o local do conflito e situações humanitárias e de confrontos.

“Nossa preparação busca ser o mais realista possível. Além das instruções das Nações Unidas, buscamos simular cenários que os militares vão enfrentar durante as suas missões, para que dessa maneira eles estejam melhor preparados para cumprir esta tarefa”, disse o coronel Marco Antônio Machado, comandante do CCOPAB.

Atualmente, o maior contingente de capacetes-azuis do Brasil está na UNIFIL. A missão tem a finalidade de garantir paz e estabilidade à área que separa Líbano e Israel. A missão de paz no Haiti reuniu mais de 37 mil militares brasileiros em 13 anos de operação.

“O Dia das Forças de Paz é uma ocasião para agradecer os militares do mundo, incluindo do Brasil, pelo seu serviço em circunstancias difíceis, demostrando coragem e determinação na luta para a paz no mundo. Mas também é, infelizmente, uma ocasião para lembrar a memória de todos aqueles que perderam as suas vidas no serviço da paz”, disse o diretor do Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio), Maurizio Giuliano.


Mais notícias de:

Comente

comentários